Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1175
Título: O Cabri-Géomètre e a construção de uma nova cultura matemática – um estudo no âmbito da formação inicial de professores do 1º CEB
Autor: Ribeiro, António
Palavras-chave: Matemática
Geometria
Educação matemática
Cultura matemática
Representações
Práticas
Cabri-Géomètre
Data de Defesa: Nov-2005
Editora: Universidade de Aveiro
Resumo: Enquanto elementos culturais que caracterizam uma dada sociedade, nomeadamente as representações dominantes sobre a matemática em geral e a geometria em particular têm contribuído para que, nos últimos anos, esta área da matemática tenha sido indevidamente abordada nas salas de aula, o que parece ter acontecido com maior expressão nos anos iniciais de escolaridade. Recentemente reconheceu-se que pode ser, precisamente, pela via da geometria que a matemática pode vir a ser encarada e abordada, sob um prisma mais consentâneo com o entendimento presente da natureza, epistemologia e ensino e aprendizagem desse domínio. Por outro lado, a Escola não pode mais ignorar que se vive numa época caracterizada pela crescente expansão das tecnologias de informação e da comunicação que podem ser um precioso contributo para a construção do conhecimento duma forma eficaz e inovadora. A conjugação destes aspectos levou à consideração de que, enquanto formadores de professores, nos competia proporcionar formação que pudesse contribuir para uma praxis que favorecesse uma aprendizagem significativa da geometria alicerçada em actividades desafiantes suportadas por ambientes dinâmicos complexos sobre os quais os alunos exercem pleno controlo. Tal contexto é propiciador de interacções com o saber e com os outros, mediadas pelo artefacto, ingredientes nos quais assentam as perspectivas construcionista, sócio-construtivista e construtivista comunal da aprendizagem. Assim, a investigação levada a cabo perseguia como principal objectivo averiguar em que medida a frequência, por futuros professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, de uma disciplina com uma vertente predominante de formação vocacionada para a resolução de problemas/situações problemáticas significativas em geometria, utilizando a ferramenta informática Cabri-Géomètre, contribuía para uma evolução das representações essencialmente acerca da matemática e do seu processo de ensino e de aprendizagem, em especial da geometria e do uso do computador, para uma abordagem mais adequada, significativa e criativa da geometria, por parte desses futuros professores e, em última instância, para a construção de uma nova cultura matemática. A investigação desenvolvida sugere que a) a emergência de representações mais favoráveis acerca da geometria pode ter reflexo nas representações acerca da matemática; b) as relações entre representações e práticas podem ser influenciadas pela envolvente cultural; c) a formação e utilização sistemática de um ambiente de geometria dinâmica pode contribuir, por um lado, para que a matemática seja considerada uma área menos hostil e mais humanizada e, por outro lado, para o reconhecimento de formas mais úteis de utilização do computador em contexto de sala de aula.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1175
Aparece nas colecções:ESEV - DCEN - Teses de doutoramento (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Capa.pdf172,61 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.