Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1243
Título: Modelos de atribuição/simulação de tráfego: o impacto na qualidade dos resultados de erros no processo de modelação
Autor: Vasconcelos, António
Palavras-chave: Modelo
Tráfego
SATURN
Simulação
Data de Defesa: Fev-2004
Editora: Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra
Resumo: Os modelos de atribuição/simulação de tráfego têm uma larga utilização no âmbito dos processos de planeamento e gestão de sistemas de transportes e, mais especificamente, de redes rodoviárias urbanas, mas a sua aplicação a casos reais é, em muitos casos, complexa e muito exigente do ponto de vista dos recursos envolvidos. De facto, em cada uma das fases de modelação, desde a formulação matemática do problema à aplicação prática do modelo pelo utilizador final, são cometidos “erros” de diferentes tipos (especificação, agregação/simplificação, transferência, computacionais, quantificação), os quais condicionam a precisão das estimativas produzidas e, consequentemente, a aplicabilidade do modelo. Tal facto leva a que nos processos de validação operacional destes modelos se recorra a referenciais, definidos em documentos normativos aceites internacionalmente, relativos aos níveis mínimos de “aderência entre sistemas reais e modelados”. No entanto, nem estes documentos, nem quaisquer outras referências relevantes, apresentam indicações significativas quanto ao modo como os diferentes erros ou imprecisões influenciam a qualidade das estimativas. Tal torna o processo de construção e validação dos modelos uma “arte”, em que a experiência do utilizador é essencial para garantir processos eficientes de modelação. No presente documento apresenta-se uma metodologia que permite simular e avaliar as consequências da ocorrência de erros de quantificação. Essa metodologia pressupõe a existência de uma “base de trabalho”, um modelo de atribuição/simulação de tráfego razoavelmente representativo de uma realidade específica, o que motivou o desenvolvimento do modelo da rede viária da cidade de Coimbra, através do software SATURN. A aplicação da metodologia permitiu melhorar o conhecimento acerca dos padrões espectáveis nas relações entre erros de quantificação dos inputs e a precisão dos outputs, dando assim um contributo para a criação de procedimentos de recolha e tratamento de dados capazes de tornar mais eficiente a aplicação de modelos de atribuição/simulação de tráfego.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1243
Aparece nas colecções:ESTGV - DEC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.