Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1481
Título: Percepção dos enfermeiros sobre o uso do brinquedo terapêutico
Autor: Silva, Ana Maria Santos Coelho Seixas
Palavras-chave: Criança de idade pré-escolar
Dor
Enfermagem pediátrica
Enfermeiros
Jogos e brinquedos
Ludoterapia
Medição da dor
Terapêutica
Vacinação
Child, preschool
Nurses
Pain
Pain measurement
Pediatric nursing
Play and playthings
Play therapy
Therapeutics
Vaccination
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Percepção dos Enfermeiros sobre o uso do Brinquedo Terapêutico no alívio da dor na criança O Brinquedo Terapêutico é reconhecido, cada vez mais, como uma estratégia eficaz no alívio da dor da criança. Objectivos: Analisar a percepção das enfermeiras da equipe da USF-Lusitana sobre o uso do Brinquedo terapêutico, antes e após uma intervenção formativa. Definir uma norma de “Boa Prática” para a preparação da criança, em idade pré-escolar, para a vacinação. Metodologia: Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório-descritiva e comparativa. Os dados foram colhidos através de um questionário, aplicado, antes e depois de uma intervenção formativa, aos enfermeiros da USF. Resultados: A análise dos dados evidenciou benefícios para a criança e família, para a relação terapêutica e após a formação também para o ambiente. Conclusão: Foi reconhecido pelos enfermeiros que o brinquedo terapêutico é uma estratégia eficaz na redução do nível de dor e elaborada uma norma que introduz esta estratégia na preparação das crianças, com 5/6 anos, para a vacinação. Palavras-chave: Enfermagem Pediátrica, Dor, Estratégias não Farmacológicas, Brinquedo Terapêutico. ABSTRACT Perception of nurses on the use of therapeutic play in relieving pain in children The therapeutic play is recognized increasingly as an effective strategy for relieving the pain on child.Objective: To analyze the perception of USF Lusitana nurses on the use of therapeutic play, before and after a formative intervention. Set a standard of "Good Practice" for preparing the child in preschool age, for vaccination.Methodology: It is a qualitative study, exploratory-descriptive and comparative. Data were collected through a questionnaire applied, before and after a formative intervention, to the USF nurses. Results: Data analysis showed benefits for the child and family in the therapeutic relationship and, after pair formation, also for the environment.Conclusion: It´s now recognized by nurses that therapeutic play is an effective strategy in reducing the level of pain and developed a standard that introduces this strategy in the preparation of children, with 5 / 6 years, for vaccination. Keywords: Pediatric Nursing, Pain, non-pharmacological strategies, therapeutic play
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1481
Aparece nas colecções:ESSV - UECA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.