Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1518
Título: Percepção dos adolescentes face ao atendimento da equipa de enfermagem: urgência pediátrica do CHTV
Autor: Fernandes, António Manuel Costa
Palavras-chave: Adolescente
Enfermagem de emergência
Enfermagem pediátrica
Hospitais públicos
Pediatria
Relação enfermeiro-doente
Serviço de urgência hospitalar
Urgências
Viseu
Adolescent
Emergencies
Emergency nursing
Emergency service, hospital
Hospitals, public
Nurse-patient relations
Pediatric nursing
Pediatrics
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: A Urgência Pediátrica do Centro Hospitalar de Viseu, desde 1 de Setembro de 2009 que alargou a idade de atendimento dos adolescentes para os 18 anos. Esta ampliação da idade de atendimento, à semelhança de outras unidades de pediatria nacionais, originou inadequações e inadaptações, quer estruturais quer em termos de recursos humanos, concretamente na organização e prestação de cuidados de Enfermagem. São objectvos deste estudo analisar a percepção que os adolescentes têm da equipa de enfermagem da urgência pediátrica do Centro Hospitalar Tondela Viseu EPE, no sentido de promover a adequação da intervenção desta a este grupo etário. Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório - descritivo. Os dados foram recolhidos através de uma entrevista semi - estruturada, aplicada a todos os adolescentes com 16 e 17 anos de idade, que recorreram ao serviço de Urgência Pediátrica do Centro Hospitalar Tondela Viseu no período de 25 a 27 de Agosto de 2011. Os entrevistados reconhecem a necessidade de uma assistência diferenciada aos adolescentes por parte dos enfermeiros, generalizam as suas funções, apontando como principal função dos enfermeiros a ajuda ao médico, referem que os enfermeiros os acompanham contínua e directamente não os diferenciaram de outros técnicos. No que concerne aos cuidados prestados pelos enfermeiros, relatam que estes executam cuidados técnicos e referem nunca lhes ter sido solicitado o consentimento informado escrito e esporadicamente o oral. Emerge também neste estudo a necessidade que os enfermeiros demonstrem não apenas o aperfeiçoamento técnico e científico, como também uma atitude humana e sensibilidade ao actuar com estes adolescentes. Palavras-chave: Percepção, Adolescentes, Enfermagem e Urgência Pediátrica.
ABSTRAT The Pediatric Emergency of the Tondela Viseu Hospital Center, since September 1, 2009 that extended the age of care for adolescents to 18 years. This extension of service age, like other national pediatric units, led to inadequacies and inadaptations, both structural and in terms of human resources, specifically in the organization and delivery of nursing care. The objectives of this study is to analyze the perception that adolescents have about the pediatric emergency nursing Hospital Center Tondela Viseu EPE, in order to promote the appropriateness of this intervention in this age group. It is a qualitative study and exploratory -descriptive. The data were collected through a semi-structured interview, applied to all teenagers aged 16 to 17 years old, who turned to the service of the Pediatric Emergency Center Hospital in Viseu Tondela in the period of 25 to 27 August 2011. The respondents recognize the need for a differentiated assistance to adolescents from nurses; generalize their duties, citing as main function the help of nurses to doctors, they reported that nurses do the monitor continuously and directly, they did not differentiate nurses from other technicians. Regarding the care provided by nurses they report that they perform technical care and refer them to have never been asked for written informed consent and occasionally oral. Also emerges in this study that nurses need to demonstrate not only the improvement of technical and scientific, as well as a human attitude and act with sensitivity to these teenagers. Key words: Perception, Adolescents, and Emergency Nursing Pediatric.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1518
Aparece nas colecções:ESSV - UECA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Corpo do TrabalhoFERNANDES António Manuel Costa.pdf10,24 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.