Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1523
Título: Estratégias de coping e adesão ao tratamento farmacológico na doença coronária isquémica
Autor: Antunes, Carla Sofia Simões
Palavras-chave: Adaptação psicológica
Adesão à medicação
Cooperação do doente
Doença coronária
Isquémia do miocárdio
Terapêutica
Adaptation, psychological
Coping
Coronary disease
Medication adherence
Myocardial ischemia
Patient compliance
Therapeutics
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Título: Estratégias de Coping (EC) e Adesão ao tratamento farmacológico (ATF) na Doença Coronária Isquémica (DCI). Introdução: A DCI constitui a segunda causa de morte em Portugal. A não adesão ao tratamento é considerada uma das principais razões para a obtenção de resultados clínicos insatisfatórios. Torna-se pertinente estudar factores que possam influenciar a adesão, nomeadamente o Coping, no sentido de a melhorar. Objectivos: Descrever o perfil sociodemográfico e de saúde do doente com DCI; Relacionar as variáveis: sociodemográficas, Stress e Esquema terapêutico complicado com as EC; Relacionar as EC com a ATF. Metodologia: Estudo não-experimental, quantitativo, transversal, descritivo e correlacional, desenvolvido no Centro Hospitalar Cova da Beira. Amostra probabilística por acessibilidade, constituída por 110 indivíduos (68,2% homens, 31,8% mulheres; idade média=66,3 anos, dp=9,78 anos) com diagnóstico de DCI. Questionário que inclui questões para caracterização sociodemográfica e de saúde; Versão portuguesa do Teste de Medida de Adesão aos Tratamentos e do Questionário Brief COPE. Resultados: As variáveis analisadas influenciam a adopção de várias EC (p<0,05). Não foi determinada uma correlação estatisticamente significativa entre as EC e a ATF nos doentes com DCI (p-value>0,050). Conclusão: Existe relação entre as variáveis Sociodemográficas, Stress e Esquema terapêutico complicado dos doentes com DCI e as EC adoptadas. Contrariamente à bibliografia, não foi comprovado a existência de uma relação entre as EC e a ATF em doentes com DCI. Assim, o modelo em estudo não é explicativo e não tem valor preditivo. Palavras-chave: Doença Coronária Isquémica; Estratégias de Coping; Adesão ao Tratamento Farmacológico.
ABSTRAT Title: Coping Strategies (CS) and Adherence to Pharmacological Treatment (APT) in Ischemic coronary disease (ICD). Introduction: ICD is the second leading cause of death in Portugal. Non-adherence to treatment is considered one of the main reasons for obtaining unsatisfactory clinical results. It becomes pertinent to study factors that may influence the adherence, including the coping, in order to improve it. Objectives: To describe the health and sociodemographic profile, in patients with IHD. To relate variables such as: sociodemographic; Stress and complicated treatment scheme with CS; to relate the CS with APT. Methodology: This is a non-experimental, quantitative, cross-sectional descriptive and correlational study, developed at Centro Hospitalar Cova da Beira. A probabilistic sample by accessibility consisting of 110 individuals (68.2% men, 31.8% women, average age = 66.3 years, sd = 9.78 years) diagnosed with DCI. With a questionnaire that includes questions for sociodemographic and health characterization; Portuguese version of the MAT Test and the Brief COPE Questionnaire. Results: The analyzed variables influence the adoption of several CS (p <0.05). It was not established a statistically significant correlation between CS and APT in patients with ICD (p-value> 0.050). Conclusion: There is a relationship between the sociodemographic variables, Stress and Complicated Treatment Scheme in Patients with ICD and CS Adopted. On the contrary to the bibliography, it has not been confirmed the existence of a relationship between CS and APT in patients with ICD. Thus, the model under study is not explanatory and has not a predictive value. Keywords: Ischemic Coronary Disease; Coping Strategies; Adherence to Pharmacological Treatment.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1523
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.