Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1577
Título: Qualidade de vida do doente em diálise
Autor: Cunha, Sónia Filipa Figueiredo
Palavras-chave: Diálise peritoneal
Hemodiálise
Insuficiência renal crónica
Qualidade de vida
Peritoneal dialysis
Renal dialysis
Renal insufficiency, chronic
Quality of life
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Com o avanço tecnológico e científico no tratamento dos doentes renais crónicos, o aumento da sobrevida desses doentes em tratamento dialítico é uma realidade. Portanto, a atenção deve estar voltada para proporcionar um tratamento substitutivo da função renal que ofereça também uma melhor QDV a esses doentes. Assim, para este trabalho, formulou-se a seguinte questão de investigação: Será que o tipo de tratamento (hemodiálise e diálise peritoneal) interfere na QDV dos doentes? Delinearam-se como objetivos do estudo: identificar a relação entre as variáveis so-ciodemográficas e a QDV, variáveis clínicas, variáveis sociofamiliares e o tipo de diálise e a perceção da QDV dos doentes em tratamento substitutivo da função renal; identificar a cor-relação entre a QDV e as variáveis “Idade”; “Tempo de diálise” e “Funcionalidade familiar”. Realizou-se um estudo orientado segundo uma lógica descritiva correlacional, utilizando como instrumento de colheita de dados a Escala KDQOL SF TM1.3 version. Foram também utilizados questionários de caracterização sociodemográfica; caracterização do sociofamili-ar; caracterização clínica. A amostra era constituída por 97 doentes, com uma média de idades de 58.45 anos, oscilando entre os 19 e os 89 anos, sendo maioritariamente do sexo masculino; 57.70% dos indivíduos fazem hemodiálise e 42.30% diálise peritoneal. Verificou-se que a QDV é o resultado da ação positiva ou negativa das relações per-cebidas pelos sujeitos da amostra face à doença e ao tratamento, tendo em conta também as suas características sociodemográficas e sociofamiliares. Na generalidade constatou-se que foram os doentes sujeitos à diálise peritoneal que percecionaram a sua QDV de forma mais positiva, comparativamente aos doentes em hemodiálise, demonstrando-se que o tra-tamento substitutivo da função renal interfere na QDV destes doentes. Palavras-chave: Insuficiente renal crónica, hemodiálise, diálise peritoneal e qualidade de vida.
ABSTRACT With the scientific and technological advancement in the treatment of chronic renal patients, the increased survival of such patients is a reality. Therefore, attention should be focused to provide a substitute treatment of renal function that offers also a better quality of life to these patients. So, it was formulated the following research question: Does the type of treatment (hemodialysis and peritoneal dialysis) interferes with the patient quality of life? The goals of the study are: to identify the relationship between socio-demographic variables and quality of life, clinical variables, sociofamiliar variables and the type of dialysis and the perception of quality of life of patients in substitute treatment of renal function; to identify the correlation between quality of life and the variables “Age”; “Dialysis Time” and “Family" Functionality”. There was a descriptive logic oriented correlacional study, using as data collection instrument the scale KDQOL SF Scale ™1.3 version. We also used question-naires of sociodemographic characterization; sociofamiliar characterization and clinical char-acterization. The sample consisted of 97 patients, with a mean age of 58.45 years, oscillating be-tween the 19 and 89 years, mostly male; 57.70% of them do hemodialysis and 42.30% peri-toneal dialysis. It was found that the quality of life is the result of positive or negative relations per-ceived by the subject of the sample facing the illness and treatment, taking into account also the sociodemographic and sociofamiliar characteristics. In general it was found that they were patients under peritoneal dialysis which found its quality of life more positively, com-pared to patients on hemodialysis, demonstrating that the substitute treatment of renal func-tion in these patients interferes with the quality of life. Keywords: Chronic renal failure, hemodialysis, peritoneal dialysis, quality of life.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1577
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CUNHA Sonia, Qualidade de vida no doente em diálise.pdfDocumento principal4,56 MBAdobe PDFVer/Abrir
CAPA_Sonia Cunha.pdfCapa321,34 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.