Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1638
Título: Influência do apoio social na depressão em doentes em cuidados paliativos
Autor: Duarte, Carla Sofia Reis
Ribeiro, Olivério Paiva, orient.
Palavras-chave: Apoio social
Depressão
Doente terminal
Neoplasias
Tratamento paliativo
Depression
Neoplasms
Palliative care
Social support
Terminally ill
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Este trabalho foi desenvolvido no âmbito do 1º Mestrado em Enfermagem Médico Cirúrgica da Escola Superior de saúde de Viseu. O trabalho final é constituído por dois volumes: o primeiro reporta-se a um relatório final dos estágios e o segundo volume a um trabalho de investigação. O segundo volume tem por objectivo averiguar se as variáveis sóciodemográficas, de saúde e o sobretudo o apoio social influenciam a depressão em doentes em cuidados paliativos. O estudo realizado é transversal, explicativo descritivo, retrospectivo e correlacional. Para tal, foi aplicado um instrumento de colheita de dados constituído por a caracterização sóciodemográfica, um questionário de saúde, o inventário de depressão de Beck e a escala de apoio social; a uma amostra não probabilista de conveniência: os doentes internados nas UCP de Cantanhede e Fundão, de 24 de Janeiro a 07 de Março de 2011. Num total de 50 sujeitos, do sexo feminino (n=26) e sexo masculino (n=24), com idades compreendidas entre os 41 e os 95 anos. O estudo revelou que o principal diagnóstico da população internada nos cuidados paliativos é a neoplasia, o que está de acordo com a bibliografia encontrada. Concluímos que a percentagem de sintomatologia depressiva (sobretudo a depressão grave) é muito superior aos valores revelados por outro estudos. Que as variáveis sociodemográficas não influenciam a depressão. As variáveis de saúde, tais como o diagnóstico e o número de internamentos eram independentes da depressão. Ao contrario do que se devia esperar, o apoio social não influenciava a depressão nos doentes internados em UCP. Palavras-chave: Depressão, Cuidados Paliativos, Apoio social.
ABSTRACT This work was carried out under the 1st Master in Medical Surgical Nursing, School of Health of Viseu. The final work consists of two volumes: the first refers to a final Report about stage and the second volume of a research work. To this end, we applied an instrument of data collection consisting of the socio-demographic, a health questionnaire, the Beck Depression Inventory and the scale of social support. To a non-probabilistic sample of convenience: the patients hospitalized in the PCU Cantanhede and Fundão of 24 January to 7 March 2011. A total of 50 subjects were female (n = 26) and male (n = 24) aged between 41 and 95 years. The study revealed that the primary diagnosis of patients admitted to palliative care is the cancer, which is consistent with the literature found. We conclude that the percentage of depressive symptoms (mainly major depression) is much higher than the values revealed by other studies. That sociodemographic variables do not influence the depression. The health variables such as diagnosis and number of hospitalizations were independent of depression. Contrary to what might have been expected, social support did not influence depression in patients hospitalized in UCP. Keywords: Depression, Palliative Care, Social Support.
Descrição: Curso de mestrado em enfermagem médico cirúrgica
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1638
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DUARTE Carla Sofia Reis, Influência do Apoio Social na depressão em doentes em Cuidados Paliativos.pdfDocumento principal5,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.