Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1643
Título: Cuidar em enfermagem: percepção do adolescente
Autor: Loureiro, Helena Maria Cardoso Leitão
Rocha, Amarílis Pereira, orient.
Palavras-chave: Adolescente
Atitude perante a saúde
Comportamento de ajuda
Cuidados de enfermagem
Relação enfermeiro-doente
Adolescent
Attitude to health
Helping behavior
Nurse-patient relations
Nursing care
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Enquadramento: A Abordagem teórica pretende fundamentar o Cuidar em Enfermagem e a Relação de Ajuda nas dimensões nível de respeito, compreensão empática, incondicio-nalidade do respeito e congruência. Em Enfermagem Pediátrica a Relação de Ajuda tem como o principal objectivo estabelecer uma relação terapêutica com a criança/adolescente, com a sobrevalorização das dimensões afectivas e tolerância, sentimentos importantes no processo de desenvolvimento. Objectivos: Analisar a influência das variáveis sociodemográficas nas percepções das relações interpessoais de adolescentes submetidos a cuidados de enfermagem em unida-des de saúde. Explorar a importância da relação interpessoal entre o adolescente e os enfermeiros que prestam cuidados em unidades de saúde, na perspectiva de adolescen-tes. Métodos: Estudo de natureza quantitativa, prospectivo, transversal e descritivo-correlacional, realizado numa amostra não probabilística, intencional por conveniência. A amostra é constituída por 199 adolescentes, com idades compreendidas entre os 11 e os 18 anos, com média centrada nos 14,41 anos, que foram submetidos a cuidados de en-fermagem em Unidades de Saúde locais, entre Janeiro e Março de 2012. O instrumento de recolha de dados foi o Inventário das Relações Interpessoais de Barrett-Lennard: Forma OS-40. Resultados: Constata-se que os adolescentes têm uma percepção positiva da Relação de Ajuda. Nas dimensões nível de Respeito e Congruência apresentaram scores mais eleva-dos, seguidos da Compreensão Empática e Incondicionalidade. Os participantes do sexo feminino obtiveram médias mais elevadas nas dimensões respeito, compreensão empática e congruência, os do sexo masculino obtiveram médias mais elevadas na dimensão incon-dicionalidade. Conclusão: A percepção dos adolescentes está relacionada com a idade, sendo que os participantes com idade inferior a 13 anos possuem percepções mais elevadas a nível do respeito, compreensão empática e congruência. Os participantes que receberam cuidados na consulta externa obtiveram médias mais elevadas na dimensão nível de respeito, nos exames especiais tiveram médias mais altas na dimensão da compreensão empática e os do centro de saúde nas dimensões incondicionalidade e congruência. Palavras-chave: Relação de Ajuda, Adolescente, Cuidar.
ABSTRACT Framework: The theoretical approach aims to support the Caring in Nursing and the Help-ing Relationship dimensions level of regard, empathic understanding, unconditional respect and consistency. Pediatric Nursing in the Helping Relationship is the main objective to es-tablish a therapeutic relationship with the child / adolescent, with the overvaluation of affec-tive dimensions and tolerance, important feelings in the development process. Objectives: To analyze the influence of sociodemographic variables on perceptions of in-terpersonal relationships of adolescents undergoing nursing care in health facilities. Explore the importance of personal relationships between the adolescent and nurses who provide care in health facilities, from the perspective of adolescents. Methods: Quantitative study, prospective transversal and descriptive-correlational, held in a non-probabilistic sample, intended for convenience. The sample consisted of 199 adoles-cents, aged between 11 and 18 years, mean 14.41 years focused on, which were submitted to nursing care in local health units between January and March 2012. The data collection instrument was the Inventory of Interpersonal Relations Barrett-Lennard: Form OS-40. Results: It appears that adolescents have a positive perception of the Helping Relationship. In size and level of respect Congruence scores were highest, followed by empathic under-standing and unconditional. The female participants had higher average dimensions in re-spect, empathetic understanding and congruence, the males had the highest average in size unconditionality. Conclusion: The perception of teenagers is related to age, and participants under the age of 13 years have higher perceptions at the level of regard, empathic understanding and congruence. Participants who received care in outpatient obtained higher average level of respect in the dimension, the special tests had higher scores on the dimension of empathic understanding and the health center in the dimensions unconditionality and consistency. Key: Helping Relationship, Adolescent, Care.
Descrição: Curso de mestrado em enfermagem de saúde infantil e pediatria
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1643
Aparece nas colecções:ESSV - UECA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
LOUREIRO Helena Maria Cardoso Leitão, Dissertação mestrado.pdfDocumento principal3,59 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.