Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1647
Título: Qualidade de vida dos cuidadores informais do doente mental: uma visão sobre o Centro Hospitalar Cova da Beira, E.P.E.
Autor: Vilela, Luis Pedro Beires
Cabral, Lídia Rosário, orient.
Duarte, João Carvalho, co-orient.
Palavras-chave: Cova da Beira
Doentes mentais
Efeitos psicossociais da doença
Hospitais públicos
Prestadores de cuidados
Qualidade de vida
Psicologia
Caregivers
Cost of illness
Hospitals, public
Mentally ill persons
Psychology
Quality of life
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Título do Trabalho: Qualidade de Vida do Cuidador Informal do Doente Mental Introdução e Objectivos: Com o regresso dos doentes mentais às suas comunidades de origem, o cuidador informal assume cada vez mais um papel preponderante. A qualidade de vida do cuidador torna-se assim um factor importante. Desta forma, os objectivos desta investigação são: avaliar a qualidade de vida do cuidador, analisar a relação entre os factores sociodemográficos e profissionais e a qualidade de vida, determinar em que medidas as variáveis Bem-Estar Subjectivo, Sobrecarga e Idade do Doente são preditoras da Qualidade de Vida. Metodologia: Esta investigação quantitativa assenta numa base descritiva e correlacional, mediante utilização de um questionário e as escalas: WHOQOL-Bref, ZARIT e PANAS. Estes instrumentos foram aplicados a 104 cuidador informais do DPSM do CHCB,EPE entre 19 de Dezembro de 2011 e 20 de Janeiro de 2012. Resultados: Os cuidadores informais com melhores índices de qualidade de vida são: do sexo feminino; entre os 23 e os 36 anos, Casado(a) ou Unido(a) de Facto, com maior nível de habilitações literárias, empregado e que têm a seu cargo “irmão\irmã. Os resultados ainda indicam que as variáveis idade do doente, sobrecarga, bem-estar subjectivo, percepção de auto-eficácia, impacto da prestação de cuidados e relação interpessoal são preditoras da qualidade de vida. Conclusões: Os cuidadores que obtenham os menores índices das variáveis (idade do doente, sobrecarga e bem-estar subjectivo) e maiores índices das variáveis (percepção de auto-eficácia, impacto da prestação de cuidados e relação interpessoal) apresentam melhor Qualidade de Vida. Palavras-Chave: Qualidade de Vida, Cuidador Informal, Doente Mental.
ABSTRACT Title: Quality of Life of Informal Caregivers of the Mentally Ill Introduction and Objectives: With the return of the mentally ill to their communities of origin, the informal caregiver assumes an increasingly dominant role. The caregiver's quality of life becomes an important factor. Thus the objectives of this research were to assess the quality of life of the caregiver, analyze the relationship between the sociodemographic and professional factors and quality of life, determine to what extent the variables Subjective Well-Being, Overload and Age of the Mentally Ill are predictors of quality of life. Methodology: This research is based on a quantitative descriptive and correlational, by use of a questionnaire and scales: WHOQOL-Bref, ZARIT e PANAS. These instruments were administered to 104 informal caregivers of DPSM do CHCB, EPE from 19 December 2011 and January 20, 2012. Results: The informal caregivers with better quality of life are: females, between 23 and 36 years, married, with higher qualifications and have employed in charge of brother\sister. The results also indicate that the variables patient age, overload, subjective well-being, perceived self-efficacy, impact of care and interpersonal relationships are predictors of quality of life. Conclusions: Caregivers who obtain lower the rates of the variables (patient age, overload and subjective well-being) and higher rates of variables (perceived self-efficacy, impact of caregiving and interpersonal relationship) have a better quality of life. Keywords: Quality of Life, Informal Caregiver, Mentally Ill.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1647
Aparece nas colecções:ESSV - UESMP - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
VILELA Luis Pedro Beires Qualidade de Vida do Cuidador Informal do Doente Mental.pdfDocumento principal3,23 MBAdobe PDFVer/Abrir
VILELA Luis Pedro Beires Folha de Rosto.pdfFolha de rosto81,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.