Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1667
Título: Adesão terapêutica numa mulher com depressão major: perspetiva da doente
Autor: Figueiredo, Maria Lurdes Monteiro
Cruz, Carla Maria Viegas Melo, orient.
Palavras-chave: Adesão à medicação
Atitude perante a saúde
Causalidade
Cooperação do doente
Perturbação depressiva major
Terapêutica
Attitude to health
Causality
Depressive disorder, major
Medication adherence
Patient compliance
Therapeutics
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Adesão Terapêutica numa Mulher com Depressão Major: Perspetiva da Doente. Introdução: A depressão encontra-se reconhecida no Plano Nacional de Saúde Mental 2007-2016: Resumo Executivo como um problema primordial de saúde pública; é a principal causa de incapacidades e a segunda causa de perda de anos de vida saudáveis entre as 107 doenças e problemas de saúde mais relevantes. A mulher sofre mais de depressão do que o homem numa proporção de 2:1, tendendo para a cronicidade em cerca de 20% dos casos, por ineficácia do tratamento ou fraca adesão à terapêutica, sendo a adoção de estratégias, crucial para minimizar este problema. Face a esta problemática da adesão à terapêutica, decidimos: Identificar fatores que influenciam o comportamento de adesão da doente ao regime terapêutico, conhecer a influência das estratégias usadas pelos profissionais de saúde no comportamento de adesão da doente ao regime terapêutico, conhecer a influência das estratégias utilizadas pela doente para aderir ao regime terapêutico. Metodologia: Ao desejarmos saber se “a mulher com depressão major adere ao regime terapêutico instituído”, optamos pela realização de um estudo qualitativo, fenomenológico e descritivo: estudo de caso, recorrendo-se a um questionário para caracterização sócio demográfica, à história clinica psiquiátrica e ao exame do estado mental, e entrevista semiestruturada, aplicados à participante do estudo. Resultados: Foram identificados fatores influenciadores do comportamento de adesão ao regime terapêutico: fatores económicos, sociais e culturais; fatores relacionados com os serviços e com os profissionais de saúde; fatores relacionados com o tratamento. As estratégias usadas pela doente: os memorandos, e pelo profissional de saúde: estratégias comportamentais e educacionais. Conclusões: A doente apresenta um comportamento de não adesão ao regime terapêutico instituído. Os fatores económicos, sociais e culturais, os fatores relacionados com os serviços de saúde e com os tratamentos, são preditores de não adesão. Os fatores relacionados com os profissionais de saúde são preditores de comportamento de adesão mas não perpetuadores desse mesmo comportamento. As estratégias usadas pela participante do estudo para aderir ao regime terapêutico são preditores de adesão mas, à semelhança dos fatores relacionados com os profissionais de saúde, também não são perpetuadoras desse comportamento. As estratégias usadas pelos profissionais de saúde, são preditoras de adesão ao regime terapêutico mas, à semelhança das usadas pela doente também não são perpetuadoras desse mesmo comportamento. Palavras-Chave: Depressão major, adesão terapêutica, mulher, fatores influenciadores e estratégias.
ABSTRACT Adherence Therapy in Women with Major Depression: Patient's perspective. Introduction: Depression is recognized in the National Mental Health Plan 2007-2016: Executive Summary as a major public health problem, being the leading cause of disability and second leading cause of lost healthy years of life among 107 diseases and most relevant health conditions. Women suffer more from depression than men in a 2:1 ratio, tending to chronicity in about 20% of cases, due to inefficacy of treatment or poor adherence to therapy, as the adoption of strategies proves critical to minimize this problem. Faced with this problem of compliance, we decided to: identify factors that influence the behavior of the patient's adherence to the therapeutic regimen, determine the influence of strategies used by health professionals in the behavior of the patient's adherence to the therapeutic regimen and determine the influence of the strategies used by the patient in order to adhere to the regimen. Methodology: So as to know if “the women with major depression adhere to the regimen imposed”, we chose to perform a qualitative study, phenomenological and descriptive: a case study, drawing up a questionnaire for socio-demographic characterization, clinical history of psychiatric and mental status examination and semi structured interview, applied to the study participant. Results: We identified factors that influence the behavior of adherence to treatment regimen: economic factors, social and cultural factors related to services and health professionals and treatment. The strategies used by the patient: the memos, and by the health professional: educational and behavioral strategies. Conclusions: The patient has a behavior of non-adherence to treatment regimen instituted. Economic, social and cultural factors related to health services and treatments are predictors of nonadherence. Factors related to health care professionals are predictors of adherence behavior but not perpetuators of that behavior. Strategies used by participants to adhere to therapy are predictors of adherence, but, similarly to factors related to health professionals, are also not conservers of this behavior. The strategies used by health professionals, are predictors of adherence to treatment regimen but, like those used by the patient do not guarantee perpetuation of this same behavior. Keywords: Major depression, therapeutical adherence, women, influencing factors and strategies.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1667
Aparece nas colecções:ESSV - UESMP - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
FIGUEIREDO Maria Lurdes Monteiro - Diss mestrado.pdfDocumento principal678,53 kBAdobe PDFVer/Abrir
FIGUEIREDO Maria Lurdes Monteiro - capa diss mestrado.pdfCapa1,89 MBAdobe PDFVer/Abrir
FIGUEIREDO Maria Lurdes Monteiro - Folha rosto diss mestrado.pdfFolha de rosto2,74 MBAdobe PDFVer/Abrir
FIGUEIREDO Maria Lurdes Monteiro - instrumento colheita de dados.pdfinstrumento colheita dados253,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.