Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1673
Título: Satisfação profissional dos enfermeiros especialistas
Autor: Freitas, Maria Fátima Pereira
Orientador: Albuquerque, Carlos Manuel Sousa
Palavras-chave: Enfermagem de reabilitação
Satisfação profissional
Job satisfaction
Rehabilitation nursing
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Introdução: Actualmente, a Enfermagem e os seus profissionais vivênciam momentos de grandes incertezas em virtude das transformações no sector da saúde em Portugal. Neste contexto o estudo teve como objectivos: conhecer o nível de satisfação profissional; identificar e hierarquizar as principais dimensões/factores que contribuem para a (in)satisfação; avaliar o nível de satisfação relativamente às dimensões estudadas; identificar a situação profissional dos enfermeiros especialistas relativamente ao vínculo profissional; percepcionar qual a realidade relativa ao exercício de funções na área da especialidade e identificar que factores se encontram associados à satisfação profissional. Método: Estudo transversal, descritivo-correlacional, de natureza quantitativa, no qual participaram 118 enfermeiros detentores da especialidade de Reabilitação, na faixa etária dos 28 aos 55 anos (M= 38,86). Para a mensuração da nossa variável dependente utilizámos o Índice Descritivo do Trabalho. Resultados: Qualitativamente e de uma forma global, os enfermeiros tem satisfação profissional alta. Analisando as dimensões da satisfação, verificámos que a dimensão “trabalho em si mesmo”, teve a melhor média. Das dimensões em níveis de insatisfação a “remunerações” foi aquela que teve pior média. Das hipóteses colocadas como explicativas da satisfação profissional apenas não se verificou relação com o género, idade, tipo de vínculo profissional e a classificação das relações com os utentes. Conclusões: As evidências encontradas, em função dos melhores e piores resultados mostram concordância com a teoria de Herzeberg. Sugerem também um esforço no sentido da valorização do trabalho, da formação e das qualificações adquiridas, pois foi a esse nível que se obtiveram os piores resultados. Palavras-chave: satisfação profissional; enfermeiro; especialista; reabilitação.
Abstract Introduction: At present, Nursing and its professionals live moments of Great uncertainties due to the transformations in the Portuguese health sector. In this context this study had as main goals: to know the level of professional satisfaction; to identify and hierarchize the main dimensions/factors that contribute to the (dis)satisfaction; to assess the level of satisfaction regarding the studied dimensions; to identify the professional situation of specialized nurses regarding the professional bond; to understand the reality regarding the practice of functions in the specialized area and to identify which factors are associated to professional satisfaction. Method: Cross co relational descriptive study, of quantitative nature, in which 118 Rehabilitation nurses took part, aging 28 to 55 (M= 38, 86). To measure our dependent variable the Work Descriptive Index was used. Results: Qualitative and globally, the nurses show high professional satisfaction. Analysing the satisfaction dimensions, it was verified that the “work in itself” dimension had the best average. Of the dimensions showing levels of dissatisfaction, “remunerations” was the one with the worst average. Of the assumptions shown as explanatory of the professional satisfaction, there was no relation to gender, age, type of professional bond or classification of the relations towards the patients. Conclusions: according to the best and the worst results, the found evidence shows concordance with the Herzeberg theory. It also suggests that an effort should be made in order to value work, training and acquired qualifications, since these were the aspects with the worst results. Key Words: professional satisfaction; nurse; specialist; rehabilitation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1673
Aparece nas colecções:ESSV - UER - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
FREITAS Maria Fatima Pereira - Dissertaçao mestrado.pdfDocumento principal880 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.