Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1676
Título: A influência da actividade física na qualidade de vida do idoso
Autor: Silva, Paulo José Pereira
Moreira, Maria Helena Encarnação, orient.
Palavras-chave: Envelhecimento
Exercício físico
Idoso
Qualidade de vida
Aged
Aging
Exercise
Quality of life
Data de Defesa: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Perante o cenário de um envelhecimento populacional e do aumento do número de idosos dependentes, características cada vez mais marcantes da sociedade contemporânea, convêm destacar que alcançado o objectivo do aumento da esperança média de vida, o desafio actual é conseguir “dar mais vida aos anos”, ou seja maior longevidade mas com qualidade de vida. Atendendo a esse objectivo importa efectivamente perceber o papel da actividade física no retardar/ atenuar dos efeitos do envelhecimento, e na influência que exerce sobre a qualidade de vida do idoso, principalmente nos aspectos relacionados com a saúde e bem-estar físico, psíquico e social. Decorrente desta problemática, surgiu a principal questão de investigação deste estudo - Qual a influência da actividade física na qualidade de vida do idoso a viver de forma autónoma na comunidade, no concelho de Viseu? Para responder a esta questão estabeleceram-se dois objectivos principais para este estudo: Caracterizar a população de idosos em estudo, relativamente a algumas variáveis sócio-demográficas, à sua actividade física habitual e à sua qualidade de vida relacionada com a saúde (QVRS). Verificar a existência de relações entre as variáveis (sócio-demográficas - nível de actividade física habitual – prática desportiva), e as dimensões da QVRS do idoso. A investigação empírica assentou num estudo descritivo, analítico e correlacional de natureza quantitativa, em que se relacionou o nível de actividade física habitual do idoso (através do questionário de Baecke Modificado) com a sua QVRS (através do MOS SF-36). Os dados foram recolhidos através de formulário, em inquéritos de rua, durante os meses de Fevereiro e Março de 2011. A amostra é não probabilística por conveniência, constituída por 52 idosos do concelho de Viseu. De acordo com os resultados obtidos, destacam-se as seguintes conclusões: Os idosos desta amostra têm um nível de actividade física habitual e prática desportiva baixo, comparativamente com as recomendações internacionais. O nível médio de QVRS desta amostra é positivo para todas as dimensões da QVRS (MOS SF-36), excepto na dimensão de Saúde Geral, contudo nas dimensões Saúde Geral, Desempenho físico e Vitalidade existem bastantes idosos com uma QVRS considerada negativa. O nível de Actividade Física Habitual do Idoso tem uma correlação positiva com as dimensões da QVRS, excepto na dimensão Desempenho emocional. A prática de actividade desportiva tem uma correlação positiva com a QVRS, em todas as suas dimensões. Palavras-chave: Qualidade de vida; actividade física; idoso.
ABSTRACT Population is increasingly aging in contemporary society as well as dependent elderly. It is noteworthy that achieved the goal of increasing life expectancy, the current challenge is to provide greater longevity with quality of life to the elderly. Given this goal, it is important to understand the role of physical activity in the delay / mitigation of the aging effects, and in its influence on the quality of life of the elderly, especially those aspects related to health, physical, mental and social well-being. This will, therefore, be the main research question of this study - What is the influence of physical activity on health-related quality of life (HRQOL) of the elderly who live autonomously in the municipality of Viseu? To answer this question we settled two main objectives: Characterize the elderly population in the municipality of Viseu, in relation to some socio-demographic variables, according to their level of usual physical activity and of their health-related quality of life (HRQOL). Verify the existence of relationships between variables (socio-demographic characteristics - level of usual physical activity - sport), and the dimensions of the HRQOL of the elderly. The empirical study was based on a descriptive, analytical and quantitative correlation, which linked the level of usual physical activity of the elderly (through the Modified Baecke) with their HRQOL (MOS SF-through 36). Data were collected by a street survey during the months of February and March 2011. The sample is not probabilistic by convenience, consisting of 52 elderly of the municipality of Viseu. According to the results, we highlight the following conclusions: The elderly of this sample have a low level of usual physical activity and sport practice, compared with international recommendations. The average level of HRQOL in this sample is positive for all dimensions of HRQOL (MOS SF-36), except to the extent of General Health. However, in what General Health, Physical ability and Vitality factors are concerned there are numerous elderly people with negative HRQOL. Level of Usual Physical Activity for the Elderly has a positive correlation with dimensions of HRQOL, except for the emotional dimension Performance. The practice of sport has a positive correlation with the HRQOL in all dimensions. Keywords: Quality of life; physical activity; elderly.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1676
Aparece nas colecções:ESSV - UER - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SILVA Paulo Jose Pereira - Influência da actividade física na qualidade de vida do idos.pdfDocumento principal922,65 kBAdobe PDFVer/Abrir
SILVA Paulo Jose Pereira - capa.pdfCapa76,98 kBAdobe PDFVer/Abrir
SILVA Paulo Jose Pereira - folha de rosto.pdfFolha de rosto76,53 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.