Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1679
Título: Burnout nos enfermeiros da Unidade de Desabituação de Coimbra
Autor: Correia, Vasco Manuel Cunha
Cruz, Carla Maria Viegas Melo, orient.
Palavras-chave: Coimbra
Comportamento de ajuda
Enfermagem psiquiátrica
Enfermeiros
Esgotamento profissional
Instituto da Droga e da Toxicodependência
Psicologia
Relação enfermeiro-doente
Saúde mental
Saúde ocupacional
Burnout, professional
Helping behavior
Mental health
Nurse-patient relations
Nurses
Occupational health
Psychiatric nursing
Psychology
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: As profissões que implicam a prestação de cuidados a pessoas em situação de fragilidade física e emocional, exigem um investimento emocional elevado por parte dos profissionais. Este fato faz com que o burnout seja alvo de destaque nas profissões que implicam o estabelecimento da Relação de Ajuda, sendo um importante indicador da saúde mental dos profissionais. Na enfermagem o burnout pode surgir como consequência da relação enfermeiro/utente. Neste sentido, foi nosso objetivo avaliar os níveis de burnout dos enfermeiros da Unidade de Desabituação de Coimbra (UDC) do Instituto da Droga e Toxicodependência (IDT), Instituto Público (IP), assim como avaliar a sua relação com as características sociodemográficas, profissionais e individuais. Com este propósito foram aplicados questionários a todos os enfermeiros da UDC do IDT, IP. O instrumento de medida utilizado para avaliar o burnout foi o Copenhagen Burnout Inventory (CBI), composto por três subescalas que avaliam o burnout pessoal, o burnout relacionado com o trabalho e o burnout relacionado com o cliente, validado para a população portuguesa por Fonte (2011). A amostra compreende oito enfermeiros com uma média de idade de 33 anos. Os resultados sugerem que os enfermeiros da UDC apresentam níveis elevados de burnout, sendo que é ao nível do burnout relacionado com o cliente que estes valores são mais manifestos. Relativamente à relação do burnout com as variáveis sociodemográficas, profissionais e individuais não se verificou evidência estatisticamente significativa. Estes resultados têm implicações ao nível da compreensão do fenómeno burnout pois sugerem que é ao nível da relação enfermeiro/utente que se verificam níveis mais elevados de burnout. Estes resultados salientam a necessidade de se estabelecer relações de confiança e parceria com os utentes e aumentar o insight sobre os próprios problemas\dificuldades dos enfermeiros, juntamente com a capacidade de encontrar novas vias de resolução de forma a promover a saúde mental destes profissionais. Palavras-chave: Burnout; Enfermeiros; Saúde Mental.
ABSTRACT The professions that involve caring for people suffering from emotional and physical frailty, require a high emotional investment from the care givers. This fact causes the burnout is a prominent target in professions that involve the establishment of the Help Relationship, being an important indicator of mental health. In nursing this syndrome can occur as a result of the relationship nurse/patient. In this sense, our goal was to assess burnout levels of nurses in the withdrawal unit treatment of Coimbra (UDC) of the Institute for Drugs and Drug Addiction (IDT), Public Institution (PI), as well as to evaluate the relationship with sociodemographic, professional and individual characteristics. For this purpose questionnaires were administered to all nurses of the UDC of IDT, IP. The measuring instrument used to assess burnout was Copenhagen Burnout Inventory, consisting of three subscales that assess personal burnout, burnout work-related and burnout related to the client, validated for the Portuguese population by Fonte (2011). The sample are eight nurses with an average age of 33 years. The results suggest that the nurses have high levels of burnout, and burnout level related to the cliente. Regarding the relationship of burnout with sociodemographic, professionall and individual variables, no statistically significant evidence was found. These results have implications for understanding the phenomenon of burnout.They suggest that is in the relationship nurse/patient which there are higher levels of burnout. These results highlight the need to establish relationships of trust and partnership with clients and increase insight into their nurse problems\difficulties and the ability to find new ways of resolution in order to promote mental health of these professionals. Keywords: Burnout; Nurses, Mental Health.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1679
Aparece nas colecções:ESSV - UESMP - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CORREIA Vasco Manuel Cunha - Dissertaçao mestrado.pdfDocumento principal2 MBAdobe PDFVer/Abrir
CORREIA Vasco Manuel Cunha - Folha de Rosto.pdfFolha de rosto2,74 MBAdobe PDFVer/Abrir
CORREIA Vasco Manuel Cunha - Pags preliminares.pdfPáginas preliminares254,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.