Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1759
Título: Qualidade de vida do diabético e cuidados de enfermagem : perspectiva dos adolescentes
Autor: Marinho, Catarina Andreia Rosa Saraiva
Rocha, Amarílis Pereira, orient.
Palavras-chave: Adesão à medicação
Adolescente
Atitude perante a saúde
Cooperação do doente
Cuidados de enfermagem
Diabetes mellitus
Diabetes mellitus tipo 1
Enfermagem pediátrica
Insulina
Qualidade de vida
Relação enfermeiro-doente
Adolescent
Attitude to health
Diabetes mellitus, type 1
Insulin
Medication adherence
Nurse-patient relations
Nursing care
Patient compliance
Pediatric nursing
Quality of life
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Enquadramento: A vida de um adolescente pode ser alteradaapós o diagnóstico de diabetes.Tratando-se de uma doençaincurável é preciso investir no seu tratamento de modo a obteruma melhor qualidade de vida para o adolescente e família. Superar o sentimento de viver com uma doença crónica de modo a alcançar uma boa qualidade de vidarequer atenção primordial da equipa de enfermagem que presta cuidados ao adolescente. Objectivos: Avaliar a qualidade de vida em adolescentes com diabetes que frequentam a consulta externa do Hospital; analisar a sua opinião acerca dos cuidados de enfermagem; relacionar a opinião de adolescentes diabéticos sobre os cuidados de enfermagem com a sua qualidade de vida e identificar variáveis sociodemográficas e clinicas que influenciem a Qualidade de Vida dos adolescentes e a sua opinião sobre os cuidados de enfermagem. Métodos:O nosso estudo desenvolveu-secom uma amostra de 47 adolescentes que frequentam a consulta externa de diabetologia pediátrica do Centro Hospitalar Tondela- Viseu. Para o cumprimento dos objectivos delineamos uma investigação de natureza quantitativa, descritiva, correlacional. O questionário aplicado comporta a caracterização sócio demográfica da amostra e os dados clínicos, a escala de Qualidade de Vida em jovens Diabéticos que comporta três dimensões (Impacto, Preocupação e Satisfação) e ainda a Escala Newcastle (opiniões acerca dos cuidados de enfermagem).Recorremos à análise descritiva e inferencial dos dados através do programa informático SPSS versão 20.0. Resultados:São os adolescentes que consideram ter uma boa saúde que apresentam melhor QV. A autopercepção da saúde, a idade do adolescente e o número de internamentos são as variáveis que se relacionam estatisticamente com a QV.São os adolescentes que adquirem a doença mais cedo que apresentam pior QV. Conclusão:A maioria dos adolescentes tem uma opinião positiva acerca dos cuidados de enfermagem e considera ter boa QV. Este estudo serviu para salientar a importância do papel do enfermeiro na QV do adolescente diabético. Palavras-chave: Qualidade de Vida, adolescentes, diabetes, cuidados de enfermagem.
ABSTRACT Background:The life of ateenager canbe changedafter the diagnosis ofdiabetes.Since this isan incurable diseaseyou need to investin their treatmentin order to obtaina better quality oflifefor the adolescentandfamily. Overcomingthe feeling of livingwith a chronic illnessto achievea goodquality of liferequiresprimaryattentionof the nursing teamthatprovides careto adolescents. Objectives: To evaluate quality of life in adolescents with diabetes attending outpatient Hospital; analyze your opinion about nursing care; relate the opinion of diabetic adolescents on nursing care with their quality of life (QOL) and to identify socio demographic and clinics that influence the quality of life of adolescents and their views of nursing care. Methods: Our study was carried out with a sample of 47 adolescents attending outpatient pediatric diabetology in Hospital Center Tondela-Viseu. To achieve the objectives outlined an investigation of a quantitative, descriptive, correlational. The questionnaire includes a sample socio demographic and clinical data, the scale of Quality of Life in Young Diabetics involving three dimensions (Impact, Concern and Satisfaction) and also the Newcastle Scale (opinions about the nursing care).Resort todescriptive and inferential analysisof the datathrough the softwareSPSSversion20.0 Results:They areteenagers whobelieve they havegood healththat have betterQOL. Selfperceivedhealth, age of the adolescentand the admissions number are thevariablesthatarestatisticallyrelatedtoQOL. They areteenagers whoacquire the diseasesooner thanhave a worseQOL. Conclusion: Most teenagershave a positive opinionabout thenursing careandhaving goodQOL. This studyserved tohighlight the importanceof the roleof the nurse inthe adolescentdiabeticQOL. Keywords: Quality of Life, teenagers, diabetes, nursing care.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1759
Aparece nas colecções:ESSV - UECA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MARINHO Catarina Andreia Rosa Saraiva - Dissertação mestrado.pdfDocumento principal5,43 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.