Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1761
Título: Percepção do doente insuficiente renal crónico a efectuar tratamento de substituição renal
Autor: Marques, Luís José Lopes
Dias, António Madureira, orient.
Palavras-chave: Atitude perante a saúde
Doentes
Insuficiência renal crónica
Percepção
Terapia de substituição renal
Attitude to health
Patients
Perception
Renal insufficiency
Renal replacement therapy
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: A doença crónica é uma causa conhecida para o aparecimento de disfunções psicológicas. A percepção que os doentes têm da sua doença crónica influencia o modo de enfrentar vários desafios: o estado de saúde, estilo de vida e papéis desempenhados. No entanto esta é também influenciada por factores sociodemográficos e clínicos. Esta temática encontra-se pouco estudada nos portadores de doença renal crónica sujeitos a substituição renal. O objectivo deste estudo foi a avaliação da percepção nos doentes sujeitos a terapia de substituição renal. Trata-se de um estudo de natureza descritiva, analítica e correccional, através de métodos de análise quantitativa. É um estudo retrospectivo, transversal, com um único momento de avaliação. A amostra incluía 97 pacientes sujeitos a terapia de substituição renal. O Instrumento de colheita de dados incluía: um questionário sóciodemográfico; um questionário cliníco; a escala de Funcionalidade familiar avaliada através da Escala de Apgar Familiar; e a escala Illness Perception Questionaire – Revised (IPQ-R) (MOSS-MORRIS;WEINMAN 2002), para a avaliação da percepção. Os resultados obtidos demonstram que: a idade influencia a Identidade, as Consequências, o Controlo Pessoal, a Representação Emocional; A Funcionalidade Familiar influencia positivamente o Controlo Pessoal, o Controlo do Tratamento, a Representação Emocional e as Causas; O tempo de diálise influencia a Coerência e as Causas. Palavras Chave: Doença Crónica; Doença Renal Crónica; Percepção de Doença; IPQ – R.
ABSTRACT Chronic disease is a known cause for the psychological dysfunctions. The perception that patients have of their chronic disease influences their way to confront several life challenges: the health status, life style and characters on roll. However, it is also influenced by socialdemographic and clinical factors. This theme in currently poorly studied in patients with chronic renal disease submitted to renal substitution treatment. It is a study descriptive, analytical and correlational, trough quantitative analysis method. It’s, also, a retrospective, transvers study, with only one moment of evaluation. The sample included 97 patients submitted to renal substitution therapy. The Data instrument included: a socialdemographic questionnaire; a clinical questionnaire; the Family Functionality Scale trough the Family Apgar Scale; and the Illness Perception Questionnaire - revised (IPQ-R) (MOSS-MORRIS; WEINMAN, 2002), for perception evaluation. Results show that: age influences Identity, Consequences, Personal Control and Emotional Representation; Family Functionality positively influences Personal Control, Treatment Control, Emotional Representation and Causes; Dialysis time of treatment influences Coherency and Causes. Keywords: Chronic Disease; Chronic Renal Disease; Perception; IPQ – R.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1761
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MARQUES Luis Jose Lopes - Dissertação mestrado .pdfDocumento principal1,03 MBAdobe PDFVer/Abrir
MARQUES Luis Jose Lopes - capa.pdfCapa1,79 MBAdobe PDFVer/Abrir
MARQUES Luis Jose Lopes - folha rosto.pdfFolha de rosto1,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.