Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1772
Título: Vinagres comercializados em Portugal: avaliação da capacidade antioxidante e da composição fenólica
Autor: Cruz, Miguel António Marcelino da
Jordão, António Manuel dos Santos Tomás, orient.
Gonçalves, Fernando Jorge Andrade, co-orient.
Correia, Ana Cristina Vilas Boas, co-orient.
Palavras-chave: Vinagre
Fermentação acética
Composto fenólico
Antioxidante
Propriedade físico-química
Análise organoléptica
Diagnóstico de laboratório
Antioxidant capacity
Phenolic content
Commercial vinegars
Data de Defesa: Jan-2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior Agrária.
Resumo: Este estudo teve como principal objectivo efectuar uma caracterização antioxidante de vinagres comercializaados no mercado português. Foram estudadas 21 amostras de vinagres comerciais, das quais 7 foram de vinagres de vinho tinto, 2 de vinagres balsâmicos, 8 de vinagres de frutas e ainda uma amostra de vinagre de arroz. Para o efeito, recorreu-se aos métodos de Folin-Ciocalteau e IPT para a determinação dos teores em compostos fenólicos totais. A identificação e quantificação das antocianinas individuais e dos ácidos fenólicos foi efectuada por HPLC-UV/Vis. Para a avaliação da actividade antioxidante total dos vinagres estudados, recorreu-se a 2 métodos: DPPH e ABTS. Foi efectudado ainda um estudo da composição fenólica e da actividade antioxidante total em 3 das principais fracções fenólicas (F1, F2 e F3) existentes nos vinagres. Os vinagres elaborados a partir de vinho tinto foram os que apresentaram teores em compostos fenólicos mais elevados, em particular os vinagres balsâmicos, comparativamente aos restantes vinagres estudados (vinagres de vinho branco, de frutas e de arroz). Verificou-se por outro lado, uma correlação elevada entre a composição fenólica e a actividade antioxidante total dos vinagres estudados. No caso dos vinagres de vinho tinto, a fracção fenólica constituída pelas antocianinas, proantocianidinas poliméricas e outros compostos poliméricos, foi a que mais contribuiu para a actividadade antioxidante total.
ABSTRACT:This study's main objective was to make a phenolic characterization and an assessment of the antioxidant capacity of vinegar in the Portuguese market. Were studied 21 samples of commercial vinegars, of which 7 were red wine vinegars, 2 of balsamic vinegars, 8 of fruit vinegars and even a sample of rice vinegar. To that end, were used the methods of Folin-Ciocalteau and IPT to determine the levels of total phenolic compounds. The identification and quantification of individual anthocyanins and phenolic acids was carried out by HPLC-UV/Vis. To evaluate the total antioxidant capacity of vinegars studied, were used the two methods: DPPH and ABTS. It was made a study of the phenolic composition and total antioxidant capacity in three of the main phenolic composition and total antioxidant capacity in three of the main phenolic fractions (F1, F2 and F3) present in vinegar. The vinegar made from red wine were those with levels higher in phenolic compounds, especially the balsamic vinegar, compared to the other studied vinegars (white wine vinegar, fruit and rice vinegar). It was found, on the other hand, a high correlation between phenolic composition and total antioxidant capacity of vinegars studied. In the case of red wine vinegars, the phenolic fraction consisting of the anthocyanins, polymeric procyanidins and other polymeric compounds, was the largest contributor to total antioxidant capacity.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Qualidade e Tecnologia Alimentar
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1772
Aparece nas colecções:ESAV - DIA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CRUZ, Miguel António Marcelino da_Vinagres Comercializados em Portugal.pdf3,53 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.