Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/1998
Título: A família do doente internado em cuidados paliativos : receios e expectativas
Autor: Campos, Márcia Raquel Almeida
Ribeiro, Olivério Paiva, orient.
Palavras-chave: Cuidados a doentes terminais
Doença crónica
Equipa de cuidados ao doente
Família
Prestadores de cuidados
Psicologia
Tratamento paliativo
Caregivers
Chronic disease
Family
Hospice care
Palliative care
Patient care team
Psychology
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Trata-se de um estudo exploratório-descritivo, com uma abordagem qualitativa que abordou como temática a família do doente internado em Cuidados Paliativos, visando identificar receios e expectativas. Para isso procedeu-se à realização de 13 entrevistas semi-estruturadas, durante o mês de Julho de 2012, na Unidade de Cuidados Paliativos de Tondela. Através dos relatos das famílias foi possível identificar seis dimensões: Sentimentos face à situação clínica e internamento; Receios face ao internamento; Expectativas face aos cuidados ao utente e apoio à família; Necessidades sentidas pela família; Aspectos positivos da Unidade de Cuidados Paliativos; Aspectos a melhorar. Concluiu-se com o estudo que o sentimento mais presente nestes familiares é o sentimento de impotência/ frustração, referido por 61,5% dos entrevistados, seguido pela resignação/ aceitação. O internamento na Unidade de Cuidados Paliativos desperta receios na família, entre os quais o receio da dor, em 38,5% dos entrevistados, e o receio da separação. Estes receios são acompanhados de expectativas, sendo a garantia de alívio da dor do seu familiar apontada por 46,2% dos familiares. Mas a família é também alvo de cuidados e tem necessidades que necessita ver satisfeitas, destacando-se a necessidade de informação, com 30,8% Relativamente à Unidade de Cuidados Paliativos temos como principais aspectos positivos a disponibilidade/ acompanhamento, cuidados adequados e alívio da dor, com respectivamente 76,9%, 38,5% e 23,1% das respostas. Os aspectos a melhorar prendem-se principalmente com o rácio de profissionais disponíveis para a prestação de cuidados para 30,8% dos inquiridos e o acesso à informação. Palavras-chave: Cuidados Paliativos. Família. Receios. Expectativas.
ABSTRACT This is an exploratory-descriptive study with a qualitative approach about the family of the hospitalized patient in a Palliative Care Unit, aiming at the identification of fears and expectations. Therefore, 13 semi-structured interviews were made, in July 2012, in the Palliative Care Unit of Tondela. Six dimensions were identified through families’ testimonies: feelings about the medical situation and hospitalization; fears about the hospitalization; expectations towards patient’s care and family support; needs felt by the family; positive aspects of the Palliative Care Unit; aspects to improve. It is possible to conclude that what the patient’s relatives feel the most is helplessness/frustration, referred by 61,5% of the interviewed, followed by resignation/acceptation. The hospitalization in the Palliative Care Unit generates fears in the family, such as the fear of the pain, in 38,5% of the interviewed and fear of separation. This fears come along with expectations, being the guarantee that the pain of the patient will be relieved referred by 46,2% of the relatives. But the family is also receiving care and has some needs that must be satisfied, being the need of information on top, with 30,8%. On what concerns the Palliative Care Unit, the main positive aspects referred are availability/monitoring, proper care and pain relief, with 76,9%, 38,5% and 23,1% of the answers, respectively. The aspects to improve are mainly with the ratio of available professionals to care for 30.8% of respondents and access to information. Key-words: Palliative care. Family. Fears. Expectations.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/1998
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
CAMPOS, Márcia Raquel Almeida - dissertação mestrado EMBARGO 13 Maio 2014.pdf2,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.