Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2026
Título: EFICÁCIA DE COLOIDES VS CRISTALOIDES NA REPOSIÇÃO VOLÉMICA A NÍVEL HEPÁTICO EM PACIENTES HEMORRÁGICOS
Autor: Pina R, Vala H
Cruz R, Venâncio C
Silva A, Garcia C
Ortiz A, Ferreira D
Palavras-chave: reposição de volume
coloides
cristaloides
propofol
remifentanil
lesões histopatológicas
porco
Large White
Data: 2014
Citação: Pina R, Vala H, Cruz R, Venâncio C, Silva A, Garcia C, Ortiz A, Ferreira D. Eficácia de coloides vs cristaloides na reposição volémica a nível hepático em pacientes hemorrágicos. X Congresso Hospital Veterinário Montenegro e IV Congresso Enfermagem Hospital Veterinário Medicina. Europarque. Santa Maria da Feira. 8 - 9 Fev 2014.
Resumo: Apesar dos avanços na sua abordagem terapêutica, a hemorragia severa continua a ser a principal causa de morbilidade e mortalidade em animais vítimas de trauma ou sujeitos a intervenção cirúrgica. A causa das lesões decorrentes, ou da morte consequente, deve-se ao deficit de volume de fluidos intravasculares e subsequente desenvolvimento do estado hipovolémico.O controlo da hipovolémia passa pela resolução da hemorragia e pela correção do deficit de volume intravascular causado e envolve, obrigatoriamente, o recurso à administração de fluidos intravenosos. A escolha do tipo de fluido mais adequado para a terapia intravenosa (IV), em cada ocorrência, é uma tarefa que exige reflexão e ponderação. O objetivo deste trabalho consistiu na avaliação do tipo de fluido mais adequado e eficiente para efetuar a reposição volémica em pacientes hemorrágicos, em particular no respeitante a qual deles acarreta menor comprometimento da função hepática. As lesões histopatológicas avaliadas nos diferentes grupos deste estudo não revelaram diferenças estatisticamente significativas entre os 3 grupos, o que validou a possibilidade de se usar qualquer um dos fluidos testados. Contudo, foi notória uma maior intensidade da gravidade das lesões no grupo 2. Assim, foi possível concluir que o uso do hidroxietilamido 130/0,4, em detrimento do lactato de Ringer em situações de hipovolémia, contribui para a preservação da integridade histológica e fisiológica hepática.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2026
Aparece nas colecções:ESAV - DZERV - Documentos de congressos (comunicações, posters, actas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Eficácia de coloides vs cristaloides Pina R 14.pdf62,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.