Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2082
Título: Desfibrilhação automática externa: estudo comparativo em meios de emergência médica pré-hospitalar
Autor: Henriques, Nuno Guilherme Santos
Ribeiro, Olivério Paiva, orient.
Palavras-chave: Desfibrilhadores
Reanimação cardiopulmonar
Serviços médicos de emergência
Tratamento de emergência
Cardiopulmonary resuscitation
Defibrillators
Emergency medical services
Emergency treatment
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Enquadramento: A emergência médica pré-hospitalar tem registado avanços significativos, no que se refere não só à qualidade da assistência prestada mas também à rapidez com que a mesma chega aos locais onde é necessária. A cada vez mais cuidada e qualificada assistência pré-hospitalar por técnicos e profissionais de saúde nos locais da ocorrência, tem permitido responder de forma mais eficaz a uma grande diversidade de situações e contextos de intervenção nomeadamente as de Paragem Cardiorrespiratória (PCR). Tendo em conta a experiência internacional, a utilização de Desfibrilhadores Automáticos Externos (DAE) por pessoal não médico e em ambiente pré-hospitalar aumenta significativamente a probabilidade de sobrevivência das vítimas. Face a esta realidade foi instituída e regulamentada em muitos países a desfibrilhação automática por não médicos. Em Portugal, compete ao Instituto Nacional de Emergência Médica, I.P. (INEM) o papel central na regulação da atividade de DAE em ambiente extra-hospitalar. Objetivos: Identificar a taxa de sucesso da utilização dos DAE na zona centro; Saber se existem diferenças estatisticamente significativas entre as atuações dos meios INEM e de Outras Entidades, em situações de PCR. Material e Métodos: Estudo quantitativo, de natureza não experimental, descritivocorrelacional e transversal. Amostra constituída por 1598 indivíduos, vítimas de PCR, para as quais foi acionado um meio de emergência, ocorridas no período de 01 janeiro a 30 de junho de 2013 na área de abrangência da Delegação Regional do Centro do INEM. Resultados: Após análise dos resultados encontrados, e dando resposta à principal questão do estudo, verificou-se que a intervenção dos meios INEM no local da ocorrência em situações de PCR, aumenta em 3,6 vezes, as probabilidades de se verificar uma situação de recuperação de circulação espontânea, comparativamente com meios de Outras entidades OR=3,688 (95% IC de 2,138 a 6,361). Na analise univariada, verificámos que PCR testemunhada (2=7,816; p=0,005), quem presenciou o momento do colapso (2=3,851; p=0,050) e administração de choque recomendado (2=7,048; p=0,008) e tipo de meio acionado (2=24,604; p=0,000), previram significativamente o ROSC. Conclusão: O recurso a meios humanos treinados, como é o caso dos profissionais do INEM, são uma mais valia e um garante da prestação de cuidados de saúde de maior qualidade. DESCRITORES: Paragem Cardiorrespiratória; Desfibrilhador Automático Externo; Ressuscitação Cardiopulmonar.
ABSTRACT Framework: Pre-hospital emergency work has not only registered a significant increase in the quality and efficiency of the service but also in the speed that this service is carried out. A more qualified pre-hospital assistance by health technicians and professionals where accidents occur have allowed to respond in a more efficient and meticulous way, in diverse situations and contexts of intervention, namely in cardiac arrest having in mind international experience, the usage of automatic external defibrillators (AED) by non health staff in a prehospital scenario, increases significantly the probability of the victim surviving. Due to this reality, it has been instituted and regulated in several countries the usage of automatic defibrillators by non-health personnel. In Portugal, it is up to the Medical Emergency of National Institute (INEM) the main role of regulating the AED activity in extra-hospital scenarios. Goal: To find out the success rate of the AED services in the center region of the country; knowing if significant statistic differences exist in comparison between INEM and other entities in cardiac arrest scenarios. Materials and methods: Of a non-experimental nature, a quantitative, descriptivecorrelational and transversal study was carried out. The sample of the study include 1595 people, all victims of cardiac arrest, in which an emergency means was conducted, between 1st January and 30th June 2013 in the geographic area of the Regional Office Center, INEM. Results: After having analyzed the results and having in mind the aim of this study, it was clear that the INEM means of intervention in places of occurrences, in situations of cardiac arrest increases approximately 3,6 times, the probability in verifying a situation of recuperation of spontaneous circulation, in comparison with other entities is OR=3,688 (95% IC de 2,138 a 6,361). In univariate analysis, we found that witnessed PCR (2=7.816; p=0.005), who witnessed the moment of collapse (2=3.851; p=0.050) and a shock recommended (2=7.048; p=0.008) and type of through fires (2=24.604; p=0.000) significantly predicted ROSC. Conclusion: The usage of trained personnel as it is the case of the INEM professionals is essential in assuring a quality emergency service. KEYWORDS: Cardiac Arrest; Automatic External Defibrillator; Cardiopulmonary Resuscitation.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2082
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
HENRIQUES, Nuno Guilherme Santos - Dissertação de MestradoEMBARGO 31 DEZEMBRO 2014.pdf4,68 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.