Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2083
Título: Ganho ponderal gestacional : impacto na saúde da mulher
Autor: Silva, Paula Cristina Oliveira
Nelas, Paula Alexandra Andrade Batista, orient.
Duarte, João Carvalho, co-orient.
Palavras-chave: Demografia
Diabetes gestacional
Enfermagem obstétrica
Estado nutricional
Ganho de peso
Gravidez
Índice de massa corporal
Obesidade
Papel do enfermeiro
Saúde da mulher
Body mass index
Demography
Diabetes, gestational
Nurse's role
Nutritional status
Obesity
Obstetric nursing
Pregnancy
Weight gain
Women's health
Data de Defesa: 2013
Editora: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Resumo: Enquadramento: O aumento ponderal elevado durante a gravidez pode ocasionar frequentemente aumento de peso no pós-parto e posterior obesidade na mulher, tal como nos revelam os mais diversos estudos científicos nacionais e internacionais. Objetivos: Analisar a relação existente entre o ganho ponderal gestacional e as variáveis sociodemográficas e obstétricas bem como analisar a sua relação com o estado nutricional atual da mulher. Métodos: Trata-se de um estudo retrospetivo, quantitativo, descritivo e correlacional, de uma amostra não probabilística por conveniência, constituída por 1424 mulheres cujos filhos nasceram entre 2004 e 2006. Resultados: A maioria das participantes tinha entre 19 e 35 anos quando engravidou, residem numa zona urbana, são casadas, com o ensino secundário/tecnológico e empregadas. A maioria não teve diabetes gestacional e o ganho ponderal gestacional, foi em média de 11,81 kg. A maioria teve um ganho ponderal abaixo do recomendado. Quanto ao estado nutricional atual, encontramos uma média de peso de 64,71 kg, que representa um IMC = 25.03 com um valor mínimo de 39 kg (IMC=15.90) e um valor máximo de 122 kg (IMC=43.67). A maioria apresenta atualmente um peso eutrófico. A escolaridade, a residência, a idade materna e a diabetes gestacionais são variáveis que influenciam o ganho ponderal gestacional. Apenas as variáveis sociodemográficas (escolaridade, residência e situação laboral) apresentam uma relação estatisticamente significativa com o estado nutricional atual da mulher. Analisando a relação entre o estado nutricional atual da mulher com o ganho ponderal gestacional, verificamos que estas apresentam uma relação de dependência estatisticamente significativa, ou seja, as mulheres que apresentam atualmente peso eutrófico, foram as que tiveram um ganho ponderal gestacional abaixo do recomendado, enquanto as que têm pré-obesidade e obesidade tiveram aumento ponderal gestacional acima do recomendado. Conclusão: Perante uma epidemia mundial de obesidade, bem como um aumento da prevalência da obesidade nas mulheres em idade reprodutiva e um aumento do ganho de peso na gravidez, torna-se imperioso que o enfermeiro de ESMOG estabeleça um plano de intervenções precoces e eficazes antes, durante e após a gravidez, de forma a reduzir os riscos maternos e fetais, presentes e futuros. Os fatores obstétricos, sociodemográficos e comportamentais, são determinantes para o ganho de peso gestacional e consequentes repercussões na saúde da mulher. Palavra-chave: Ganho Ponderal gestacional; Obesidade; gravidez; IMC.
ABSTRACT Background: The high weight increase during pregnancy can cause postpartum weight gain often and later obesity in women, as we reveal the most diverse national and international scientific studies. Objectives: To Analyze the relationship between gestational weight gain and socio-demographic variables and obstetric and analyze your relationship with current nutritional status of women. Methods: This is a retrospective study, quantitative, descriptive and co relational, a non-probability sample of convenience, composed of 1424 women whose children were born between 2004 and 2006. Results: Most of the participants had between 19 and 35 years old when she got pregnant, reside in an urban zone, are married, with the secondary/technology and employed. Most had gestational diabetes and gestational weight gain, was on average of 11.81 pounds. Most had a weight gain below the recommended. As for the current nutritional status, we found an average of 64.71 weight kg, which represents a BMI = 25.03 with a minimum value of 39 kg (BMI = 15.90) and a maximum value of 122 kg (BMI = 43.67). Most have currently a eutrophic weight. Schooling, residence, maternal age and gestational diabetes are variables that influence the gestational weight gain. Only demographic variables (schooling, housing and labour status) present a statistically significant relationship with current nutritional status of women. Analyzing the relation the current nutritional state of the woman with the gestational weight gain profit enters, verifies that these present a relation of statistical significant dependence, that is, the women that present eutrófic weight currently, had been the ones that had a gestational weight gain profit below of the recommended one, while the ones that have daily pre-obesity and obesity had gestational weight gain increase above of the recommended one. Conclusion: Faced with a worldwide epidemic of obesity, as well as an increase in the prevalence of obesity in women of reproductive age and an increase in weight gain in pregnancy, it becomes imperative that the ESMOG nurse establish a plan of early and effective interventions before, during and after pregnancy, to reduce the maternal and fetal risks, present and future. Obstetric factors, sociodemographic and behavioral characteristics, are crucial for gestational weight gain and consequent repercussions on women's health. Keyword: gestational Weight Gain; Obesity; pregnancy; IMC.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2083
Aparece nas colecções:ESSV - UEMOG - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SILVA, Paula Cristina Oliveira - Dissertação mestradoEMBARGO 31 OUT 2014.pdf5,52 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.