Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2177
Título: Marketing experiencial o valor de uma estratégia que proporcione emoções : Caso : PEPSI Refresh Sessions
Autor: Amaral, Miguel Alvadia
Sousa, Luís Nuno, orient.
Palavras-chave: Marketing Experiencial
Marca
Experiências da Marca
Sensações
Envolvimento
Experiência
Data de Defesa: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Educação de Viseu
Resumo: RESUMO A sociedade atual atravessa uma fase de profundas alterações transversais que levam a uma necessidade premente de reconfigurar a maneira como as Marcas comunicam os seus produtos e serviços. As compras são cada vez mais extensões do consumidor, na medida em que espelham diversas componentes de si próprio. Estilos de vida, estatuto social, poder de compra, até traços de personalidade. Emoções e sentimentos imiscuem-se com as características funcionais dos produtos e serviços, levando-nos a assistir à emergência de um novo consumidor, com novas necessidades e diferentes expectativas do que as Marcas deverão ser para ele e para o Mundo. O Marketing Experiencial constitui-se como uma possível resposta e enquanto estratégia da criação de valor e de diferenciação entre a concorrência. Perspetiva o consumidor de uma forma integrada e multidimensional com necessidades sensoriais e de entretenimento. Que procura algo que o deslumbre e promova o seu envolvimento com a Marca. O Marketing Experiencial procura reforçar esta ligação entre o consumidor e as Marcas e aumentar a sua longevidade através da definição de estratégias que proporcionem experiências positivas e pessoalmente significantes. Esta investigação pretende essencialmente verificar de que forma a experiência proporcionada pela Marca Pepsi se refletiu na opção pela marca. Neste sentido, foram recolhidos 104 questionários válidos de um conjunto heterogéneo de participantes no evento Pepsi Refresh Sessions. A análise de resultados permitiu concluir que a vivência de uma experiência de marca afeta positivamente a intenção de compra dos consumidores e a atitude e a imagem que estes têm acerca da marca. Percebeu-se ainda que existem diferentes tipos de perfis de consumidor experiencial, o que permite antever que diferentes tipos reagem de forma diferenciada aos estímulos proporcionados pela marca.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2177
Aparece nas colecções:ESEV - DCL - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Marketing Experiencial PRINT.pdf1,74 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.