Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2270
Título: Modelo em espaço de estados para o relacionamento entre atributos do solo e produtividade da soja
Autor: Oliveira, Márcio P.
Tavares, Maria H.
Timm, Luís
Niedzialkoski, Rosana
Palavras-chave: Autocorrelação
Correlação cruzada
Dependência espacial
autocorrelation, cross correlation,
Data: Jan-2013
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Citação: Oliveira, Márcio P.; Tavares, Maria H.; Timm, Luís & Niedzialkoski, Rosana (2013). Modelo em espaço de estados para o relacionamento entre atributos do solo e produtividade da soja. Millenium, n.º 44 (janeiro/junho). Pp. 41‐53.
Resumo: Resumo O objetivo do presente trabalho é estudar o relacionamento entre os atributos do solo  conteúdo de fósforo, potencial hidrogeniônico e densidade do solo  com a produtividade da soja. As amostras foram coletadas em um Latossolo Vermelho, em área localizada no município de Braganey-PR, no Paraná, cultivada com soja (Glycine Max L). Na área experimental foram demarcados 84 elementos amostrais ao longo de uma transeção de 252 metros, com os elementos espaçados metros entre si. Para a análise da dependência espacial foram construídos autocorrelogramas, identificando-se correlação entre as observações de produtividade da soja, teor de fósforo, pH e densidade do solo. Na análise da dependência espacial cruzada foram empregados correlogramas cruzados, os quais mostraram dependência espacial cruzada entre produtividade da soja e pH. Os modelos estatísticos construídos para estimar a produtividade da soja foram os modelos autoregressivos em Espaço de Estados e o modelo de regressão linear simples. A análise realizada mostrou que o modelo em Espaço de Estados foi mais eficiente em comparação com o modelo de regressão linear simples.
Abstract The objective of this study was to assess the relationship between soybean productivity and soil chemical properties. The experimental data were obtained at a Rhodic Acrudox soil, from Braganey County, State of Parana, in an area where soybean was grown. The data sets were sampled along 84 points on a 254 meters long spatial transect, 3 m spaced from each other. At each site, soybean crop samples were collected for yield quantification and soil samples were collected in the 0.10 - 0.20 m deep layer. At the experimental area, the samples were sampled along 84 points on a spatial transect, 3.0 meters spaced from each other. The State-Space approach was used to assess soybean yield estimate on position i, influenced by soybean yield, pH and phosphorus on position i-1. With the implementation of a space of states, only the variable pH showed significant correlation at 5% significance level, with the dependent variable, with the coefficient R2 equal to 0.852. This does possible to show the influence of independent variable pH on the response variable, which is the soybean yield. With the implementation of a space of states, only the variable pH showed significant correlation at 5% significance level, with the dependent variable, with the coefficient R2 equal to 0.852.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2270
Aparece nas colecções:RE - Número 44 - Junho de 2013

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
4.pdf237,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.