Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2275
Título: Contributo dos Interlocutores nas Atitudes dos Alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico face à Sexualidade
Autor: Teixeira, Daniela
Nelas, Paula
Aparício, Graça
Duarte, João Carvalho
Palavras-chave: Alunos
Atitudes
Interlocutores
Educação sexual
Students
Sexual education
Attitudes
Interlocutors
Data: Jan-2013
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Citação: Teixeira, Daniela; Nelas, Paula; Aparício, Graça & Duarte, João Carvalho (2013).   Contributo dos Interlocutores nas Atitudes dos Alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico face à Sexualidade. Millenium, 44 (janeiro/junho). Pp. 127‐140
Resumo: Resumo Enquadramento: Tratar de educação sexual, para além da atualidade do tema, prende-se, sobretudo, com a necessidade de uma abordagem que leve à adoção de atitudes favoráveis face à sexualidade e a comportamentos saudáveis por parte dos adolescentes. Objetivos: Identificar as preferências dos alunos na escolha dos interlocutores em assuntos de sexualidade, bem como analisar a relação com as atitudes face à sexualidade dos alunos do 3º ciclo do ensino básico. Métodos: O estudo realizado é de natureza quantitativa, descritivo-correlacional e transversal. Amostra não probabilística, por conveniência, de 545 alunos (262 rapazes e 283 raparigas), idade média de 13,95 anos (Dp= 1,25), maioritariamente residentes na aldeia (53,1%) e a frequentar o 3º ciclo do ensino básico nas escolas do Concelho de Tabuaço e Fundão. Foi aplicado um questionário visando a caracterização sociodemográfica da amostra, o conhecimento das suas vivências da sexualidade; foi, ainda, aplicada a Escala de atitudes face à sexualidade em adolescentes (Nelas, Fernandes, Ferreira, Duarte & Chaves, 2010). Resultados: Da amostra global de alunos, os principais interlocutores da sexualidade são os amigos (59,8%), seguido da mãe (40,9%), pai (16,1%), namorado/a (14,7%), irmãos (13,8%), professores (12,5%), e, por último, do médico/enfermeiro (4,6%). A mãe influencia significativamente e favoravelmente as atitudes face à sexualidade (p=0,006) e, no reverso, os irmãos influenciam de forma significativa e desfavoravelmente as atitudes face à sexualidade (p=0,050). Conclusão: Este estudo sugere que o papel da figura materna e dos irmãos está diretamente relacionado com as atitudes face à sexualidade dos alunos do 3ºciclo do ensino básico e que aqueles têm uma importância essencial na avaliação que estes fazem da sexualidade.
Abstract Background: Dealing with sex education, being a matter of full actuality, is related mainly with the need for an approach that leads to the adoption of positive attitudes towards sexuality and healthy behavior by adolescents. Objectives: Identify the preferences of students of the 3rd cycle of basic education in the choice of the interlocutors on matters of sexuality as well as analyse their relationship with attitudes towards sexuality. Methods: The fulfilled study is quantitative, descriptive-correlational and tranversal. It is a non-probabilistic sample by convenience of 545 students (262 boys and 283 girls), on average age of 13.95 years old (SD = 1.25), mostly living in the village (53.1%) and attend the 3rd cycle of basic education in schools of Tabuaço and Fundão. It was administered a questionnaire constitued by a socio-demographic characterization and the experiences of sexuality and by a scale of attitudes towards sexuality in adolescents (Nelas, Fernandes, Ferreira, Duarte & Chaves, 2010). Results: Of the global sample of students, the main interlocutors of the sexuality are friends (59.8%), followed by the mother (40.9%), father (16.1%), boyfriend/girlfriend (14.7%), siblings (13.8 %), teachers (12.5%) and, finally, the doctor/nurse (4.6%). The mother significantly and favorably influences the attitudes towards sexuality (p = 0.006) and, in reverse, the siblings influence significantly and adversely the attitudes towards sexuality (p = 0.050). Conclusion: This study suggests that the role of the mother and siblings is directly related to attitudes towards sexuality of students of the 3rd cycle of basic education and that those are vitally important in the evaluation of sexuality that they do.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2275
Aparece nas colecções:RE - Número 44 - Junho de 2013

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
9.pdf158,54 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.