Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2616
Título: Contributos da Preparação para o Parto na Perceção de Cuidados Culturais
Autor: Coutinho, Emília
Morais, Carla
Parreira, Vitória
Duarte, João
Palavras-chave: Parto
Gravidez
Preparação para o parto
Perceção
Cuidados culturais
Pregnancy
Preparation for childbirth
Perception
Cultural care delivery
Data: 2014
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Citação: Coutinho, Emília, Morais, Carla, Parreira, Vitória & Duarte, João (2014). Contributos da Preparação para o Parto na Perceção de Cuidados Culturais. Millenium, 47 (jun/dez). Pp. 21‐32
Resumo: Resumo Enquadramento: A preparação para o parto constitui-se como um tempo privilegiado de educação para a saúde durante a gravidez e uma oportunidade para os enfermeiros obstetras poderem capacitar a mulher/casal a vivenciar a maternidade sem hesitações, incertezas, receios ou medos, tornando-a uma experiência positiva e gratificante. Objetivo: Analisar a influência da preparação para o parto na perceção de cuidados culturais em mulheres em trabalho de parto. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, correlacional do tipo explicativo, com uma amostra de 1000 puérperas das maternidades da região norte de Portugal, utilizando um questionário de caracterização sociodemográfica e obstétrica, e a Escala de Perceção dos Cuidados Culturais de Parreira et al. (2010) para a recolha de dados. Resultados: A preparação para o parto foi realizada por 39,6% das puérperas. As puérperas que realizaram preparação para o parto obtiveram melhores resultados no atendimento personalizado (p<0,001), no significado do tempo durante o parto (p=0,002), e na importância do espaço na privacidade e na comunicação (p=0,017). As puérperas que não realizaram preparação para o parto apresentaram índices superiores na despersonalização na prestação de cuidados (p<0,001), sentimentos e sensações negativos por falta de explicação (p<0,001), meio ambiente (p<0,001), sentimentos negativos causados pelo uso de aparelhos e utensílios (p<0,001) e medo de morrer (p<0,001). Conclusão: A preparação para o parto promove uma melhor perceção dos cuidados culturais no momento do parto, sendo que a mesma deve ser desenvolvida também nos meios rurais. Emerge a necessidade de investigar o que leva as mulheres que vigiaram a gravidez no Serviço Nacional de Saúde a não aderirem à preparação para o parto.
Abstract Background: Childbirth preparation is a privileged time of health education during pregnancy and an opportunity for midwifes to empower the woman/couple to experience motherhood with no hesitations, uncertainties and fears, making it a positive and rewarding experience. Objective: To analyse the influence of birth preparation in the perceptions of cultural care for women in labour. Methods: This is a quantitative, descriptive, correlational and explanatory study, applied to 1000 pregnant women in the north of Portugal. Data collection used a questionnaire for sociodemographic and obstetric characterization and the Cultural Care Perceptions Scale, of Parreira et al. (2010). Results: The childbirth preparation was performed by 39.6% of postpartum women. These mothers showed better results in personalized care (p <0.001), the significance of time during labour (p = 0.002), and the importance of space and privacy in communication (p = 0.017). The mothers who did not attend childbirth preparation showed higher average values in depersonalization of care (p <0.001), negative feelings and sensations due to lack of explanations (p <0.001), environment (p <0.001), negative feelings caused by the use of appliances and utensils (p <0.001) and fear of death (p <0.001). Conclusion: Childbirth preparation promotes better perception of the care at birth, and it should also be promoted in rural areas. The need to investigate what leads women who monitored the pregnancy in the National Health Service not to adhere to childbirth preparation classes has surfaced.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2616
Versão do Editor: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium47/3.pdf
Aparece nas colecções:RE - Número 47 - dezembro de 2014

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
3.pdf185,4 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.