Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2626
Título: Literacia para a Saúde, Obesidade e Hipertensão Arterial – Revisão Integrativa da Literatura
Autor: Cunha, Madalena
Santos, Eduardo
Fonseca, Sónia
Gaspar, Raquel
Almeida, Dina
Palavras-chave: alfabetização em saúde
hipertensão
obesidade
health literacy
hypertension
obesity
Data: 2014
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Citação: Cunha, Madalena, Santos, Eduardo, Fonseca, Sónia, Gaspar, Raquel & Almeida, Dina (2014). Literacia para a Saúde, Obesidade e Hipertensão Arterial – Revisão Integrativa da Literatura. Millenium, 47 (jun/dez). Pp. 111‐128
Resumo: Resumo A literacia para a saúde está relacionada com o grau de escolaridade e implica o conhecimento, a motivação, as competências das pessoas em aceder, compreender e avaliar as informações da área da saúde para, assim, poderem tomar decisões sobre a promoção da saúde, prevenção de doenças e melhoria da sua qualidade de vida (Sorensen, 2012). Existem atualmente recomendações relativas à promoção da literacia para a saúde, em prol de diversos indicadores de saúde, contudo, não existem ainda consensos sobre a sua influência na prevenção de doenças e promoção da saúde, nomeadamente ao nível da promoção de indicadores (e.g. índice de massa corporal (IMC) e pressão arterial) tradutores de melhor saúde. Assim, este estudo procurou, através de uma revisão da literatura, analisar o efeito da literacia para a saúde na manutenção do IMC e da pressão arterial dentro de parâmetros considerados normais para o adulto, considerados os respetivos descritores. Foram realizadas pesquisas eletrónicas, através de várias bases de dados científicas (CINAHL Plus with Full Text, MedicLatina, MEDLINE with Full Text, Cochrane Database of Systematic Reviews, Cochrane Central Register of Controlled Trials - via EBSCO), nos idiomas português e inglês, para identificar estudos, desde 2005 até à atualidade, sobre estas matérias. Para o efeito foram utilizadas diferentes combinações com os descritores “Health Education”, “Obesity”, “Hypertension” e “Feeding Behavior”. Os estudos selecionados foram analisados e agrupados de acordo com o tipo de desenho metodológico e objetivos, principais resultados encontrados e formas de intervenção propostas, desenvolvendo, desta forma, uma Revisão Integrativa da Literatura. Para isso foram seguidos os princípios propostos pelo Cochrane Handbook (Higgins & Green (Eds), 2011) e a análise crítica foi realizada por dois investigadores. No total, o corpus do estudo integrou a análise de 6 estudos primários que demonstraram que a literacia para a saúde se associou fortemente ao IMC e à pressão arterial. Conclui-se que a literacia para a saúde influencia o IMC e a pressão arterial.
Abstract The health literacy is related to the educational level and involves the knowledge, motivation, skills of people to access, understand and evaluate information for health care to take decisions on health promotion, disease prevention and improved quality of life (Sorensen, 2012). There are currently recommendations on the promotion of health literacy in offspring of several health indicators, however, there is still no consensus about its influence on disease prevention and health promotion, particularly in terms of promotion indicators (eg. body mass index (BMI) and blood pressure) translators of a better health. Thus, this study sought through a literature review to examining the effect of health literacy in the maintenance of BMI and blood pressure within normal parameters for adult, considered their descriptors. Electronic searches were conducted through various scientific databases (CINAHL Plus with Full Text, MedicLatina, MEDLINE with Full Text, Cochrane Database of Systematic Reviews, Cochrane Central Register of Controlled Trials - via EBSCO), in Portuguese and English languages, to identify studies from 2005 to the present. For these purpose different combinations with the descriptors "Health Education", "Obesity", "Hypertension" and "Feeding Behavior" were used. The selected studies were analyzed and grouped according to the type of study design and objectives, main findings and forms of intervention proposals, thereby developing an integrative review of the literature. For this we followed the principles proposed by the Cochrane Handbook (Higgins & Green (Eds.), 2011) and the review was conducted by two researchers. In total, the corpus of the study integrated analysis of 6 primary studies that have shown that health literacy was strongly associated with BMI and blood pressure. It is concluded that health literacy influence BMI and blood pressure.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2626
Versão do Editor: http://www.ipv.pt/millenium/Millenium47/10.pdf
Aparece nas colecções:RE - Número 47 - dezembro de 2014

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
10.pdf159,34 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.