Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2840
Título: Atividade física dos estudantes de enfermagem : determinantes sociodemográficos e psicológicos
Autor: Nunes, Carla Cristina Gonçalves
Orientador: Chaves, Cláudia Margarida Correia Balula
Duarte, João Carvalho
Palavras-chave: Estudantes de enfermagem
Exercício físico
Motivação
Personalidade
Exercise
Motivation
Personality
Students, nursing
Data de Defesa: 16-Jan-2015
Resumo: Enquadramento: Vários estudos realçam a prevalência de inatividade física entre estudantes universitários, relacionada com diversos fatores, dos quais sobressaem a complexidade e exigências curriculares, sobretudo quando se trata de estudantes de enfermagem. Objetivo: Identificar as variáveis sociodemográficas e académicas que interferem na prática de atividade física, analisar a influência da motivação para a prática de atividade física e determinar a associação entre a personalidade e a prática de atividade física. Material e Método: Estudo quantitativo, descritivo, analítico e correlacional, realizado numa amostra não probabilística por conveniência, constituída por 372 estudantes de enfermagem. Aplicou-se um questionário de caraterização sociodemográfica, contexto académico, Questionário Internacional de Avaliação da Atividade Física (IPAQ), Questionário de Motivação para o Exercício (QME) e o Inventário de Personalidade de Eysenck. Resultados: Dos estudantes 86.3% são do género feminino, 41.7% com idades até aos 20 anos. Os homens registam maior prevalência de atividade física sobretudo os que frequentam os 2º e 3º anos. As variáveis preditoras da atividade física foram a idade, o sexo masculino e a extroversão; quanto mais velhos menor a atividade física praticada pelos estudantes; há uma maior atividade física entre o sexo masculino e os de personalidade extrovertida; os motivos psicológicos estabelecem uma relação direta e os motivos de saúde uma relação inversa com a prática da atividade física, sugerindo que maior motivação psicológica e melhores níveis de saúde maior a prática de atividade física. Conclusões: Aferiu-se que estudantes mais novos com personalidade extrovertida, maior motivação psicológica praticam mais atividade física.
Abstract Framework: Several studies emphasize the prevalence of physical inactivity among university students, related to several aspects, among which the complexity and curricula requirements stand out, particularly in the case of nursing students. Objective: Identify sociodemographic and academic variables that interfere in the practice of physical activity, analyse the influence of motivation in the practice of physical activity and determine the association between personality and the practice of physical activity. Methods and matherials: Quantitative, descriptive, analytical and correlacional research study, carried out for convenience on a non-probabilistic sample, composed of 372 nursing students. It was conducted a social-demographic characterization and academic context questionnaire, International Physical Activity Questionnaires (IPAQ), Motivation to the Exercise Questionnaire (QME) and Eysenck´s Personality Inventory. Results: 86.3% of the nursing students are female, 41.7% aged 20 or below. There is a predominance of physical activity among men, particularly those who attend the second and third-year. Predictor variables of physical activity were age, male gender and extroversion; the older the students are the lower physical activity they practice; there is a larger physical activity among men and the students with an outgoing personality; psychological reasons establish a direct relation with the practise of physical activity while health reasons establish an inverse relationship, suggesting that higher psychological motivation and better levels of health reflect higher practise of physical activity. Conclusions: It was measured that younger students with an outgoing personality and higher psychological motivation are those who practise more physical activity.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2840
Designação: Mestrado em Enfermagem Comunitária
Aparece nas colecções:ESSV - UESPFC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
NUNES, CarlaCristinaGonçalves DM.pdfDocumento principal1,54 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.