Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2841
Título: Reabilitação funcional precoce do membro superior na mulher mastectomizada : revisão sistemática da literatura
Autor: Sequeira, Aurora Maria Tomás
Orientador: Martins, Rosa Maria Lopes
Palavras-chave: Enfermagem de reabilitação
Extremidade superior
Mastectomia
Neoplasias da mama
Qualidade de vida
Reabilitação
Recuperação da função
Revisão
Breast neoplasms
Mastectomy
Quality of life
Recovery of function
Rehabilitation
Rehabilitation nursing
Review
Upper extremity
Data de Defesa: 6-Jan-2015
Resumo: Contexto: O cancro da mama está no topo dos tumores mais comuns entre as mulheres, transversalmente a todos os países do mundo. O seu tratamento apesar da evolução, continua a ser muito lesivo pela elevada incidência de co-morbilidades tais como: alterações ADM ombro, diminuição da força e dor no braço/ombro e, aparecimento de linfedema. É largamente reconhecido o contributo da reabilitação para promover a recuperação funcional do membro superior mas constata-se, que não existe consenso internacional acerca dos exercícios e do timing ideal para iniciar um programa de reabilitação, que devolva a qualidade de vida a estas “Sobreviventes” o mais precocemente possível. Objetivo: Avaliar a eficácia dos programas de reabilitação funcional do membro superior, iniciados no pós-operatório imediato, na mulher submetida a mastectomia radical unilateral, na prevenção de co-morbilidades. Metodologia: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura, com recurso aos motores de busca: PubMed; The Cochrane Library; Repositórios Institucionais; PEDro. Utilizaram-se diferentes combinações com os descritores “reabilitação”, “neoplasia da mama”, “membro superior”, “mastectomia radical modificada” e “complicações pós-operatórias” nos idiomas portugueses e inglês. A pesquisa decorreu entre Dezembro de 2013 e Fevereiro de 2014, seguindo os princípios propostos pelo Cochrane Handbook e a análise crítica realizada por dois investigadores. Apresentação dos resultados: Identificou-se um total de 491 artigos, acabando o corpus do estudo por ser composto por seis estudos primários (RCTs). Estes sugerem benefícios estatisticamente e clinicamente significativos para uma intervenção precoce de reabilitação, ajudando a prevenir complicações pós-cirúrgicas e reabilitando as mulheres mais cedo para as atividades de vida diária. Conclusão: Os resultados destes seis estudos permitem concluir que um programa estruturado e sistematizado gera benefícios na funcionalidade do MS e consequentemente na qualidade de vida tanto a curto como a longo prazo. Os seus efeitos incidem sobretudo na diminuição da dor, prevenção de linfedema recuperação das amplitudes articulares, realçando-se também a importância da precocidade das intervenções e a qualidade de vida das mulheres.
Abstract Context: Breast cancer is on top of the most common tumors among women of every country in the world. Despite the evolution made in its treatment, it is still highly damaging to the body, often resulting in the appearance of co-morbid medical conditions, such as shoulder ADM changes, diminishing strength, shoulder/arm pain and lymphedema. The contributions of rehabilitation procedures to promote the functional recovery of the limb are recognized worldwide, even though a consensus about the exercises and timing to start a rehabilitation program – one that allows a swift recovery of the “Survivors” from surgery – doesn’t exist. Objective: To assess the efficacy of functional rehabilitation programs started immediately after unilateral radical mastectomy, in preventing the appearance of co-morbid medical conditions in the upper limb. Methodology: A systematic review of the available literature on the subject was conducted. To this purpose, different specialized search engines were used: PubMed; The Cochrane Library; PEDro; national and international Institutional Repositories. Several related descriptors were used, both in Portuguese and English languages, to locate available information: “rehabilitation”; “breast neoplasm”; “upper limb”; “modified radical mastectomy”; “post-op complications”. Research took place between December, 2013, and February, 2014, following the guidelines proposed by the Cochrane Handbook and the critical analysis of two researchers. Results: A total of 491 related articles were found, having been selected six primary studies that constitute the body of this work. These six studies suggest significant clinical and statistical benefits of early rehabilitation in women, allowing them to quickly and fully resume their routines while aiding prevention of post-surgery complications. Conclusions: These six studies allow us to conclude that a structured rehabilitation program of the upper limb has both short and long term beneficial effects in diminishing pain, lymphedema prevention and in the full recovery of the articular motion, while stressing the importance of an early program start.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2841
Designação: Mestrado em Enfermagem de Reabilitação
Aparece nas colecções:ESSV - UER - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SEQUEIRA, AuroraMariaTomas DM.pdfDocumento principal3,2 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.