Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2863
Título: A relação de ajuda durante os ensinos clínicos de enfermagem em pediatria : perceção dos estudantes e dos acompanhantes
Autor: Maia, Maria Lucinda Amaral Lopes Ferreira
Orientador: Rocha, Amarílis Pereira
Duarte, João Carvalho
Palavras-chave: Atitude perante a saúde
Comportamento de ajuda
Criança
Cuidados centrados no doente
Enfermagem pediátrica
Ensino clínico
Ensino em enfermagem
Estudantes de enfermagem
Mãe
Percepção social
Attitude to health
Child
Education, nursing
Helping behavior
Mothers
Patient-centered care
Pediatric nursing
Social perception
Students, nursing
Data de Defesa: 20-Abr-2015
Resumo: Enquadramento: Na formação em Enfermagem são contemplados ensinos clínicos que implicam considerável esforço dos estudantes, de quem os orienta e dos clientes. Na Pediatria, em que cuidar pressupõe valorizar a participação efetiva da família, é numa tríade que se estabelecem as relações interpessoais. O estudante é um interveniente ativo nesse processo relacional. Objetivos: Analisar a perceção dos estudantes de enfermagem e dos acompanhantes das crianças sobre a relação de ajuda (RA) desenvolvida durante o ensino clínico em pediatria; identificar fatores influenciadores das relações interpessoais estabelecidas entre estudantes enfermagem e acompanhantes das crianças; analisar a relação entre a perspetiva dos estudantes e acompanhantes das crianças sobre a RA desenvolvida durante o ensino clínico; identificar sentimentos experienciados pelos estudantes e acompanhantes no processo relacional de prestação de cuidados. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, correlacional, realizado numa amostra não probabilística, intencional por conveniência, com 139 estudantes enfermagem e 73 mães de crianças internadas. Utilizou-se um questionário, que integra a caraterização sociodemográfica, formativa e clínica e o Inventário de Relações Interpessoais Barrett-Lennard (BLRI), que avalia a RA em quatro dimensões. Resultados: As dimensões de RA, Nível do Respeito, Compreensão Empática e Incondicionalidade do Respeito são pontuadas positivamente pelos estudantes e mães. O desempenho de Congruência é avaliado negativamente pelas mães enquanto os estudantes se avaliam positivamente. Prevalecem os sentimentos negativos referenciados pelos estudantes e os sentimentos positivos pelas mães. Conclusões: A perceção da RA é influenciada por variáveis como idade, residência, estado civil, local ensino clínico, escola e ano de curso dos estudantes e as variáveis residência, nível escolaridade, estado civil e situação laboral das mães. Todas as dimensões estabelecem relação de dependência com o grupo de estudantes e mães. A perceção dos estudantes sobre a RA é positiva, a perceção das mães quanto ao desempenho dos estudantes também é positiva, com exceção na Congruência. Palavras-Chave Cuidados de Enfermagem; Relação de Ajuda; Estudantes de Enfermagem; Acompanhantes de crianças hospitalizadas.
Abstract Context: In nursing training are contemplated clinical training involving considerable effort from students, who guides them and their clients. In Pediatrics, where taking care requires enhance the effective participation of the family, is a triad in which there are established interpersonal relationships. The student is an active player in this relational process. Objectives: Analyze the perception of nursing students and accompanying children on the Help Relationship (HR) developed during the clinical training in pediatrics; identify factors that influence interpersonal relations between nursing students and the accompanying children hospitalized; analyze the relationship between the perspective of students and accompanying children on the HR developed during the clinical training; identify feelings experienced by students and accompanying in the relational process of care taking. Methodology: Quantitative study, descriptive, correlational, held in a non-probabilistic intentional for convenience sample of 139 nursing students and 73 mothers of hospitalized children. It was used a questionnaire, which includes socio-demographic, training and clinical characterization and the Barrett-Lennard Relationship Inventory (BLRI), which evaluates the HR in four dimensions. Results: The dimensions of HR, Level of Regard, Empathic Understanding and Unconditionally Respect are scored positively by students and mothers. The Congruence of performance is evaluated negatively by mothers while students are evaluated positively. Prevailing negative feelings referenced by students and the positive feelings by mothers. Conclusions: The perception of HR is influenced by variables such as age, residence, marital status, place clinical training, school and year of course students and the variables residence, level of education, marital status and employment status of mothers. All dimensions establish a dependent relationship with the group of students and mothers. The perception of students on the HR is positive, the perception of mothers regarding student performance is also positive, except in Congruence. Keywords Nursing care; Help relationship; Nursing students; Accompanying of children hospitalized.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2863
Designação: Mestrado em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediatria
Aparece nas colecções:ESSV - UECA - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
MAIA,MariaLucindaAmaralLopesFerreira DM.pdf5,77 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.