Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2874
Título: Aplicação de dispositivos mecânicos na realização de compressões torácicas no pré-hospitalar
Autor: Almeida, Vitor Manuel Soares
Orientador: Cunha, Madalena
Palavras-chave: Massagem cardíaca
Métodos
Paragem cardíaca
Paragem cardíaca extra-hospitalar
Reanimação cardiopulmonar
Revisão
Serviços médicos de urgência
Cardiopulmonary resuscitation
Emergency medical services
Heart arrest
Heart massage
Methods
Out-of-hospital cardiac arrest
Review
Data de Defesa: 30-Mar-2015
Resumo: As manobras se suporte básico de vida de qualidade são determinantes no sucesso da reanimação cardiorrespiratória. O objectivo deste estudo consistiu em determinar a eficácia das compressões torácicas mecânicas na recuperação da circulação espontânea nas vítimas de paragem cardiorrespiratória (PCR) em contexto de pré-hospitalar (PH) e o bom resultado neurológico no momento da alta. Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática da literatura sobre estudos que avaliavam a eficácia da aplicação de dispositivos mecânicos nas compressões torácicas em vítimas de PCR no contexto de PH. Foi efetuada uma pesquisa na PUBMED e EBSCO de estudos publicados entre Janeiro de 2009 e 31 de Outubro de 2014. Os estudos encontrados foram depois avaliados tendo em consideração os critérios de inclusão previamente estabelecidos. Dois revisores avaliaram a qualidade dos estudos a incluir utilizando a grelha para avaliação crítica de um estudo descrevendo um ensaio clinico prospetivo, aleatorizado e controlado de Carneiro (2008). Na meta-análise utilizou-se o método Mantel-Haenszel, recorrendo-se ao efeito de modelos aleatórios. Resultados: Três RCT’s preenchiam os critérios de inclusão, envolvendo 7208 participantes, sendo 3027 do grupo de aplicação dispositivos mecânicos e 4181 do grupo controlo. A análise dos estudos combinados revela que não existem diferenças significativas na recuperação da circulação espontânea quando utilizados dispositivos mecânicos comparativamente às compressões manuais (RR=1,02; IC 95%=0,95-1,09; p = 0,59).No que se refere ao bom resultado neurológico na alta hospitalar as compressões mecânicas no PH oferecem vantagem com relevância clinica comparativamente às compressões manuais, todavia sem poder estatístico (RR=0,90; IC 95%=0,68-1,19; p=0,47). Conclusão: A RCP mecânica no PH não tem influência na RCE, contudo apresenta benefício com relevância clinica no bom resultado neurológico no momento da alta hospitalar. PALAVRAS – CHAVE: Paragem cardíaca, Pré-hospitalar, Reanimação.
ABSTRACT Quality basic life support actions are decisive on a successful Cardiopulmonary Resuscitation (CPR). The objective of this study is to determine the effectiveness of mechanical chest compressions on the return of spontaneous circulation on patients suffering a cardiac arrest in a prehospital (PH) context and to determine the good neurologic outcome when discharged. Methods: It was made a systematic review of the literature containing studies assessing the effectiveness of using mechanical devices on chest compressions on cardiac arrest patients in a prehospital context. A research was conducted on PUBMED and EBSCO of trials published between January 2009 and October 31st 2014. The trials found were then evaluated considering the inclusion criteria previously established. Two reviewers assessed the quality of the trials to include, using a critical assessment grid from a research study describing a prospective, randomized and controlled clinical trial by Carneiro (2008). On the meta-analysis the Mantel-Haenszel method was applied, using the random effect models. Results: Three RCTs fulfilled the inclusion criteria, involving 7208 participants, from which 3027 belonged to the mechanical devices group and 4181 to the control group. The analysis of the combined trials, shows no significant differences on the return of spontaneous circulation using mechanical devices when compared to manual chest compressions (RR=1,02; CI 95%=0,95-1,09; p = 0,59). Concerning the good neurologic outcome when hospital discharged, the mechanical compressions in PH provide advantage with clinical relevance in comparison to manual compressions, however with no statistical power (RR=0,90; CI 95%=0,68-1,19; p=0,47). Conclusion: The mechanical CPR in PH has no influence on return of spontaneous circulation, thus presenting benefit with clinical relevance on good neurological outcome at hospital discharge. KEY WORDS: Cardiac arrest; Prehospital; Resuscitation.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2874
Designação: Mestrado em Enfermagem Médico-Cirúrgica
Aparece nas colecções:ESSV - UEMC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ALMEIDA, VitorManuelSoares DM.pdfDocumento principal2,67 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.