Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2889
Título: Comportamento alimentar restritivo e excesso de peso em jovens portugueses
Autor: Antunes, Beatriz
Pinho, Ana Carina
Peralta, Kristina
Rodrigues, Daniela
Martins, Emília
Mendes, Francisco
Fernandes, Rosina
Fonseca, Susana
Palavras-chave: excesso de peso
jovens
dimensões emocionais
comportamento alimentar restritivo
IMC
youngsters
emotional dimensions
restrictive eating behavior
overweight
Data: 2015
Editora: Escola Superior de Educação de Viseu
Resumo: Dar atenção às dimensões emocionais do comportamento alimentar, incluindo a restrição, é fundamental na compreensão do excesso de peso/obesidade. Neste estudo, procurouse analisar a relação entre comportamentos alimentares restritivos e o Índice de Massa Corporal (IMC) numa amostra de 128 jovens e adultos portugueses. Para a recolha de dados foi utilizado o Three Factor Eating Questionary (TFEQ), tendo sido analisada apenas a subescala da restrição alimentar. As análises estatísticas (Rho de Spearman) foram realizadas com recurso ao SPSS IBM 22. Constatou-se que os valores mais elevados de restrição alimentar se registaram nos sujeitos com excesso de peso, mais velhos e do género feminino. Entre o IMC e a restrição alimentar verificou-se uma correlação positiva, moderada e altamente significativa (rho=.304, p=.001), apontando os resultados para a necessidade de se ter em consideração as dimensões emocionais (restrição) no planeamento de intervenções, por exemplo, no âmbito da perda de peso.
Abstract: Attention to emotional dimensions of eating behavior, including restriction, is critical to the study of overweight/obesity. This study sought to examine the relationship between restrictive eating behavior and Body Mass Index (BMI) in a sample of 128 Portuguese young adults. For data collection was used the Three Factor Eating Questionnaire (TFEQ) – but only the subscale of restriction was analyzed. IBM SPSS 22 was used specifically to perform the Spearman Rho test. Overweight individuals, older and females had higher levels of restriction. The correlation between BMI and restriction was positive, moderate and statistically significant (rho = .304, p = .001). The results indicate the need to take into account emotional dimensions in planning interventions, for example, in the context of weight loss.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2889
ISBN: 978-989-96261-4-0
Aparece nas colecções:ESEV - DPCE - Documentos de congressos (comunicações, posters, actas)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Comportamentoalimentar.pdf384,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.