Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/2961
Título: Alunos com perturbações do espectro do autismo, interação com os pares e inclusão escolar : perceções das crianças do 1º ciclo do ensino básicotrabalho de projeto de Educação Especial
Autor: Almeida, António Jorge Fernandes
Felizardo, Sara
Palavras-chave: 1º Ciclo do Ensino Básico
Perturbações do Espectro do Autismo
Inclusão
Professores
Práticas
Pares
Data: 2015
Resumo: A Educação Inclusiva é um processo que teve o seu início efetivo na penúltima década do século passado e representa uma importante tomada de consciência dos direitos que todas as crianças têm à educação, como parte integrante e fundamental do seu desenvolvimento pleno como seres humanos. Para além de ambicionar o sucesso educativo para todos os alunos da escola regular, existem também outras metas sociais e pedagógicas que se posicionam no caminho ainda longo que a inclusão terá de percorrer. Neste contexto, os pares representam uma quota-parte da chave que rumo a um futuro mais justo e solidário, pode abrir as portas para um ambiente realmente inclusivo, ao darem um contributo essencial para a aquisição de competências sociais por parte das crianças que revelam maiores dificuldades em termos comunicativos, socio-afetivos e cognitivos. Com a publicação do decreto-lei nº3/2008, de 7 de janeiro surgiu a possibilidade de os alunos com Perturbação do Espectro do Autismo (PEA) serem educados nas escolas, criando-se, para tanto, Unidades de Ensino Estruturado (UEE), que apoiam a sua inclusão. Este projeto de investigação tem como principal objetivo central inquirir se as crianças com PEA são bem aceites pelos seus pares no 1º Ciclo do Ensino Básico (CEB), no ambiente da sala de aula e do recreio. Pretende-se conhecer e analisar o tipo de relação existe entre os alunos sem NEE e os alunos com PEA, integrados na mesma turma do 1º CEB, ao nível do seu relacionamento, interação e comunicação no grupo de pares. Para isso, realizámos uma pesquisa de tipo exploratório com uma abordagem metodológica descritiva, em que o instrumento de investigação foi um inquérito por questionário. O estudo teve lugar no Agrupamento de Escolas em Coimbra, junto de uma amostra de 63 alunos sem NEE, pertencentes a quatro turmas do 1º ciclo, onde estão incluídos 9 alunos com PEA. Os resultados revelam, de um modo geral, um elevado grau de participação aceitação destas crianças, ao mesmo tempo que indicam existir uma atitude positiva e um bom nível de interação no grupo de pares da turma e da escola.
Descrição: Projeto de Investigação realizado no âmbito do Mestrado em Educação Especial – Domínio Cognitivo-Motor, sob orientação da Professora Doutora Sara Felizardo
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/2961
Aparece nas colecções:ESEV - DPCE - Trabalhos académicos

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TeseFinal.pdf799,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.