Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/3016
Título: Avaliação do desempenho higrotérmico de ginásios: qualidade do ambiente interior e risco de condensação
Autor: Santos, Mariana Isabel Almeida
Orientador: Almeida, Ricardo Manuel dos Santos Ferreira de
Palavras-chave: Concentração de dióxido de carbono
Conforto higrotérmico
Ginásios
Risco de aparecimento de fungos e bolores
Risco de condensação
Data de Defesa: 22-Jul-2015
Resumo: A preocupação com o bom funcionamento térmico dos edifícios tem vindo a tornar-se cada vez mais importante, levando a um maior interesse no estudo do conforto térmico de todo o tipo de espaços, habitações, salas de aula, bibliotecas. No entanto, os estudos deste tipo de matéria em ginásios, onde a atividade metabólica é muito elevada, ainda não são muito comuns. Nesta dissertação foi realizada uma campanha de monitorização do ambiente interior em três ginásios da região de Viseu. Esta campanha decorreu entre janeiro e maio de 2015, tendo sido medido em contínuo os seguintes parâmetros: temperatura do ar, humidade relativa e concentração de dióxido de carbono (CO2). Esta informação foi utilizada para avaliar o conforto térmico através de duas metodologias: o método proposto pela ASHRAE e o método da norma EN 15251. Foi ainda estimada a percentagem de insatisfeitos em função da concentração de CO2 segundo o estipulado na norma ASTM D6245. Num dos casos de estudo foi efetuado um inquérito aos utilizadores para aferir a sua perceção relativamente ao conforto higrotérmico e à qualidade do ar interior. Paralelamente, num dos casos de estudo, foi desenvolvido um trabalho para avaliar o risco de condensação e de desenvolvimento de fungos e bolores. Para tal, registou-se em contínuo a temperatura superficial em seis zonas distintas. O risco de condensação foi avaliado segundo dois critérios e o de desenvolvimento de fungos e bolores foi avaliado através da metodologia assente na utilização de isopletas. Foi ainda utilizado o programa WUFI-Bio.
ABSTRACT: The concern with buildings’ thermal performance has become increasingly important, leading to a growing interest in the study of thermal comfort of all kinds of spaces, such as houses, classrooms, libraries. However, studies of this nature in gymnasiums, where the metabolic activity is very high, are not very common. In this work a monitoring campaign for the assessment of the indoor environment in three gymnasiums in Viseu region was made. This campaign took place between January and May 2015, and the following parameters were measured in continuum: air temperature, relative humidity and carbon dioxide concentration (CO2). This information was used to evaluate the thermal comfort through two methods: the method proposed by ASHRAE and the method of EN 15251. It was also estimated the percentage of dissatisfied people as a function of CO2 concentration as stipulated in ASTM D6245. In one gymnasium a survey was also conducted to assess users’ perception regarding the hygrothermal comfort and indoor air quality. Moreover, in one gymnasium, an experiment to assess the risk of condensation and development of fungi and molds was conducted. To this end, surface temperature in six different areas were gathered in continuum for the same period. The risk of condensation was evaluated according two pre-established criteria and the development of fungi and molds was evaluated using the methodology based on the use isopleth diagrams. It was also used WUFIBio program.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/3016
Designação: Mestrado em Engenharia de Construção e Reabilitação
Aparece nas colecções:ESTGV - DEC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação_ Mariana Santos.pdf13,61 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.