Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/3263
Título: Acidentes com perfurocortantes em profissionais da assistência do SAMU, Maceió
Autor: Bezerra, Rildo
Orientador: Silva, Daniel Marques
Cunha, Madalena
Palavras-chave: Acidentes de trabalho
Doenças ocupacionais
Ferimentos penetrantes produzidos por agulha
Ferimentos perfurantes
Pessoal de saúde
Saúde ocupacional
Síndrome de imunodeficiência adquirida
Transmissão de doença infecciosa
Accidents, occupational
Acquired immunodeficiency syndrome
Disease transmission, infectious
Health personnel
Needlestick injuries
Occupational diseases
Occupational health
Wounds, stab
Data de Defesa: 26-Nov-2015
Resumo: Introdução – Os acidentes de trabalho envolvendo material biológico entre profissionais de saúde são frequentes e constituem um problema de saúde pública, pois representam uma preocupação constante das instituições e dos profissionais de saúde. Os profissionais do pré hospitalar tornam-se mais expostos pela tensão emocional vivida, pela natureza e circunstâncias do seu exercício profissional. Objetivos – Identificar a ocorrência de acidentes ocupacionais com materiais perfurocortantes nos profissionais de saúde do SAMU Maceió; identificar os acidentes mais frequentes, os períodos em que ocorrem e avaliar as condutas tomadas após o acidente. Métodos – Estudo descritivo com orientação analítico-descritiva desenvolvido numa amostra de 40 profissionais de saúde, Enfermeiro socorrista, Técnico Enfermagem e Médicos Socorristas. A recolha de informação foi suportada num questionário elaborado para o efeito. Resultados – A nossa amostra apresentou uma média de idades de 39,2 anos, o sexo feminino foi maioritário com 70,0% e 50,0% trabalha entre 6 a 10 anos na unidade. A maioria dos acidentes perfuro cortantes foram provocados por agulhas (75,0%) e dos quais não resultou incapacidade em 75%. A maioria dos acidentes ocorreram no verão e no turno da noite. Grande número de profissionais (70%) não cumpriu com as normas de procedimentos após o acidente e 80,0% dos profissionais não realizaram a quimioprofilaxia, não cumprindo com o protocolo do Ministérios da Saúde do Brasil. O paciente-fonte foi identificado em 87,5% dos casos mas verificamos uma subnotificação dos acidentes pois 45,0% dos profissionais não o fizeram. Nenhum profissional frequentou formação específica sobre acidentes de trabalho Conclusões – Verificamos uma alta incidência de acidentes perfurocortantes entre os profisionais do SAMU. Existe uma subnotificação do acidente e um déficite nas condutas apropriadas após o acidente. A população estudada necessita de uma maior sensibilização/formação quanto às medidas preventivas de segurança no ambiente de trabalho e motivação para o controle e prevenção dos acidentes ocupacionais no exercício de sua profissão. Palavras-chave: Acidente de trabalho. Materiais biológicos. Materiais perfurocortantes.
ABSTRACT Introduction - Workplace accidents involving biological material among healthcare professionals are frequent and constitute a public health problem because they represent a constant concern of the institutions and health professionals. The prehospital professionals become more exposed by the emotional stress experienced by the nature and circumstances of his professional practice. Objectives - identify the occurrence of occupational accidents with perforating materials in health professionals SAMU Maceio; identify the most frequent accidents, the periods in which they occur and assess the steps taken after the accident. Methods - descriptive study with analytical-descriptive orientation developed in a sample of 40 health professionals, paramedic Nurses, Nursing Technical and Medical First Responders. Data collection was supported in a questionnaire prepared for the purpose. Results - Our sample had a mean age of 39.2 years, the female majority was with 70.0% and 50.0% work between 6-10 years in the unit. Most sharps accidents were caused by perforating needles (75.0%) and which did not result in 75% failure. Most accidents occurred in the summer and the night shift. Large number of professionals did not comply with the rules of procedures after the accident (70%) and 80.0% of the professionals did not realize chemoprophylaxis, not complying with the protocol of the Ministries of Health of Brazil. The source patient was identified in 87.5% of cases but we found an underreporting of accidents for 45.0% of the professionals did not. No professional attended specific training on occupational accidents Conclusion - We found a high incidence of needlestick injuries among trade professionals of the SAMU. There is an underreporting of the accident, and a deficit in the appropriate conduct after the accident. The studied population requires increased awareness / training on preventive safety measures in the workplace and motivation for the control and prevention of occupational accidents in the exercise of their profession. Keywords: work Accidents. Biological materials. Perforating materials.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/3263
Designação: Mestrado em Educação para a Saúde
Aparece nas colecções:ESSV - UESPFC - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RildoBezerra DM.pdf1,13 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.