Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/332
Título: Estudo do potencial agronómico, em estufa, de espécies de rizobio na cultura do grão-de-bico
Autor: Pinto, António
Adriano, Ilídio
Palavras-chave: Mesorhizobium
Grão-de-bico,
Nódulos
Fixadores de azoto
Data: Nov-2009
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 37;
Resumo: O presente trabalho tem como principal objectivo avaliar o potencial biológico de seis espécies de rizobio, capazes de produzir nódulos na raiz do grão-de-bico (Cicer arietinum, L) com a intenção de seleccionar possíveis espécies que se destaquem nos parâmetros agronómicos estudados, para posterior fornecimento aos agricultores. As espécies ensaiadas foram oriundas de Espanha e isoladas no Departamento de Microbiologia e Genética da Universidade de Salamanca. Juntamente com estas espécies foram também estudadas as espécies de Mesorhizobium mediterraneum tipo e Mesorhizobium ciceri tipo consideradas de referência para a cultura do grão-de-bico, assim como as estirpes endógenas que funcionaram como testemunha. As estirpes que deram origem às espécies foram designadas, de acordo com a sua origem por RCA21 (Riego de la Vega, León); RCA08 (Riego de la Vega, León); FCA11 (Fuentesaúco, Zamora); PECA26 (Pedrosillo, Salamanca); VGCA02 (VegaGuatiza, Lanzarote); FCA08 (Fuentesaúco, Zamora); RCA13 (Riego de la Vega, León) e Testemunha (populações autóctones do solo da estufa. Estas estirpes foram identificadas por González (2003), nas seguintes espécies: Mesorhizobium mediterraneum (VGCA02); Mesorhizobium ciceri (FCA08 e PECA26); Mesorhizobium tianshanense (RCA08 e RCA21) e Mesorhizobium amorphae (FCA11 e RCA13). O ensaio foi instalado na estufa de plástico, em forma de túnel com 2,5 m de altura, da Escola Superior Agrária de Viseu, tendo decorrido de 08/03/04 a 21/06/04, e sendo a cultura do grão-de-bico conduzida segundo as técnicas de cultivo tradicionais da região. Adoptou-se um delineamento experimental constituído por quarenta blocos casualizados de 1 m 2 com quatro repetições, cada uma com dez blocos. Em cada bloco foram semeadas 15 sementes com um compasso de 0,20 m x 0,50 m, previamente inoculadas com cada uma das estirpes e espécies a estudar, com excepção da testemunha que não foi inoculada. Entre os blocos ficou um corredor com cerca de 0,20 m. Os parâmetros agronómicos avaliados neste estudo, para cada uma das espécies ensaiadas, foram a percentagem de emergência, o número de nódulos por planta, o peso seco dos nódulos por planta, a altura da parte aérea das plantas e o peso seco da parte aérea das plantas. No tratamento estatístico dos resultados utilizou-se o programa STATISTICA, método one-way ANOVA e POS-HOC recorrendo ao método Tukey HSD para desiguais n. Relativamente aos parâmetros avaliados, os resultados obtidos não revelaram diferenças significativas entre as espécies ensaiadas e a testemunha, à excepção do peso seco dos nódulos. No entanto, a tendência dos valores observados indicou que, em termos gerais, os melhores resultados foram obtidos com a inoculação das espécies, por ordem decrescente: M. mediterraneum tipo, M. ciceri tipo, M. amorphae, M. mediterraneum, M. ciceri, M. tianshanense e testemnuhna (Blanco).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/332
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 37 - Novembro de 2009
ESAV - DEAS - Artigos publicados em revista científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Estudo_do_potencial_agronómico.pdf2,75 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.