Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/418
Título: A construção do estigma em migrantes lusófonos no século XXI
Autor: Silva, Nilce da
Palavras-chave: Estigma
Máscaras
Sociedade letrada
Lusofonia
Data: Fev-2006
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 32;
Resumo: Este artigo trata de conjunto de reflexões nascidas nos encontros do grupo de pesquisa, extensão e ensino “Acolhendo Alunos em Situação de Exclusão Escolar e Social”, apoiado pelo CNPq, sobre dois temas que reincidem e inquietam sobremaneira os componentes do referido grupo: 1- O “estigma” atribuído aos alunos lusófonos com pouca escolaridade no Brasil e aos lusófonos, independentemente da escolaridade, na Europa. 2- As “diferentes estratégias” utilizadas por estes atores com a finalidade da sobrevivência nas sociedades de acolhimento letradas em que se inserem. Para subsidiar esta discussão, optamos pelo estudo dos teóricos: E. Goffman, Pierre Bourdieu e Z. Bauman, pois mostraram-se necessários para a discussão sobre o processo de formação do estigma de falantes lusófonos em situação de (i)migração, assim como, para a compreensão da necessidade da elaboração de máscaras de sobrevivência na “selva” letrada da sociedade de recepção, seja da Comunidade Européia ou da cidade de São Paulo.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/418
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 32 - Fevereiro de 2006

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A_construção_do_estigma.pdf228,31 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.