Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/423
Título: Do mito aos mitos irrecicláveis: reflexões
Autor: Lopes, Ana Maria
Palavras-chave: Mito
Data: Mai-2005
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 31;
Resumo: No Dicionário da Língua Portuguesa encontramos as seguintes definições de mito: narrativa fabulosa de origem popular; relato das proezas de deuses ou de heróis, susceptível de dar uma explicação do real satisfatória para um espírito primitivo; alegoria, etc. O Dicionário esclarece ainda que a palavra mito provém do grego mÿthos, que significa palavra expressa, dando mais tarde origem à palavra latina mythu, que significa fábula. Nenhuma das definições anteriores parece convincente no contexto da sociedade pós-industrial, pós-capitalista, pós-moderna, pós-humana(?) em que vivemos. Assim, e porque esta matéria me interessa, tanto em termos pessoais, como académicos, centro-me em obras que abordem a temática com maior acuidade.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/423
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 31 - Maio de 2005
ESEV - DCL - Artigos publicados em revista científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Do mito aos mitos.pdf135,23 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.