Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/4524
Título: A prática de ensino supervisionada e a educação intercultural : a perceção dos educadores
Autor: Melo, Isabel Maria Alcântara de
Orientador: Amante, Maria João
Palavras-chave: Prática de Ensino Supervisionada; Educação pré-escolar, Diversidade cultural; Educação intercultural; Educador de Infância
Educação pré-escolar
Diversidade cultural
Educação intercultural
Educador de Infância
Supervised Teaching Practice
Pre-school education
Cultural diversity
Intercultural education
Early Childhood Educator
Data de Defesa: 2016
Resumo: Este relatório final de estágio foi realizado na reta final do curso de Mestrado em Educação Pré-escolar e Ensino do 1.º Ciclo do Ensino Básico enquadrando-se no âmbito da unidade curricular de Prática de Ensino Supervisionada (PES), que ocorreu durante três semestres. Numa primeira abordagem, pretendemos analisar e caracterizar as nossas práticas desenvolvidas e contextualizadas nos dois níveis de ensino. Na realização das planificações e práticas pedagógicas estivemos sempre atentas à heterogeneidade das crianças, quanto às suas idades, ritmos de trabalho e de aprendizagem e claro, ao currículo. Para além disso, e como hoje em dia não se pode dissociar nessas mesmas práticas pedagógicas a diversidade cultural, na segunda parte deste relatório realizámos o estudo empírico que tem por base essa temática na Educação Pré-escolar. Acreditamos que o papel dos Educadores é crucial na promoção de valores de tolerância, solidariedade, cooperação e respeito pela diferença. Defendemos que os mesmos devem dar a conhecer e valorizar outras culturas, definindo estratégias pedagógicas para ultrapassar os estereótipos que frequentemente surgem perante o desconhecido ou seja, desenvolver uma pedagogia intercultural. Para o referido estudo, utilizámos uma metodologia qualitativa tendo sido selecionado um grupo de dez Educadoras das quais cinco a exercer em Viseu e cinco no Porto. A recolha de dados foi feita por meio de entrevistas estruturadas. Após a análise de conteúdos, constatámos que as Educadoras reconhecem a importância de trabalhar a diversidade cultural e consideram que a formação específica em Educação intercultural quer inicial quer contínua, é crucial. Por outro lado, os resultados sugerem que as educadoras não estão bem cientes do que é Educação intercultural e quais os seus objetivos, nem elucidadas sobre a diferença que esta abordagem poderá fazer na formação pessoal e social de todas as crianças.
This final report has been composed in the end stage of the Masters Degree in Early Childhood and Primary Education and prepared within the curricular Unit of Supervised Teaching Practice (PES) over 3 semesters. On our initial approach, we were interested in analysing and characterizing our current teaching methodologies developed and inherent to both levels of education. During our planning and teaching practices, we took into consideration the heterogeneity of the children to what concerns their ages, their different learning rates and their school curriculum. Furthermore, because in our days it is not possible to dissociate cultural diversity from teaching practices, on the second part of this report we present an empiric study on this topic applied to the Early Childhood Education. We believe that the role of Educators is crucial in promoting the values of tolerance, solidarity, cooperation and respect for difference. We argue that Educators ought to teach how to value other cultures, defining teaching strategies to overcome the stereotypes that often arise when facing the unknown, i.e. defining Intercultural Pedagogy. For this work, we have applied a qualitative method based on a group of 10 randomly chosen teachers, of which 5 are teaching in Viseu and the other 5 in Porto. Data collection was done through structured interviews. After results analysis, we conclude that the interviewed teachers recognize the importance of working on cultural diversity and that specific training on Intercultural Education, whether initial or continuous, is crucial. On the other hand, the results suggest, the results suggest that the teachers are not well aware of what are the concepts and goals of Intercultural Education, or on the impact it can have in the personal and social education of all children. Keywords:
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/4524
Designação: Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico
Aparece nas colecções:ESEV - DPCE - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório Final de Estágio.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.