Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.19/4674
Title: Manipulação dos resultados nas PME´s Portuguesas: O caso das empresas em insolvência financeira
Author: Monteiro, Carla Sofia da Cruz
Advisor: Rodrigues, Luís Fernandes
Keywords: Manipulação de resultados
Dificuldades financeiras
Accruals
Accruals discricionários
PME´s
Defense Date: 13-Sep-2017
Abstract: A literatura existente relata que existem diversos incentivos para a prática da manipulação dos resultados, através dos accruals discricionários. Estes indicam que as principais motivações prendem-se na minimização do pagamento do imposto (motivo fiscal) e o acesso ao financiamento em condições atrativas (motivo financiamento) de modo a influenciar a perceção do mercado acerca da viabilidade e credibilidade da empresa. O objetivo deste estudo consiste em especificar um modelo que permita analisar a manipulação dos accruals discricionários e identificar o efeito moderador que a probabilidade de insolvência financeira poderá ter uma sobre as variáveis que estão associadas às motivações de financiamento e fiscal. Utilizou-se uma amostra de PME’s portuguesas, entre 2003 e 2012, para investigar se este tipo de empresas tende a manipular mais a componente discricionária dos accruals quando a probabilidade de insolvência é maior. Como proxy da manipulação dos resultados utilizou-se os accruals discricionários e para estimar a probabilidade de insolvência financeira associada a cada período para cada empresa utilizou-se um método regressão logística. Os resultados confirmam que os gestores tendem a manipular os seus resultados de acordo com grau de alavancagem da empresa, no sentido de conseguirem obter mais financiamento junto da banca e/ou pelo menos conseguir a sua renovação. Não se encontrou evidências de que os gestores manipulem os accruals com o objetivo de minimização do imposto ou que esse tipo de manipulação seja superior nas empresas que estejam numa situação de dificuldade financeira. Pelo contrário, o facto de uma empresa enfrentar uma elevada probabilidade de insolvência parece reduzir a sua propensão à manipulação dos resultados, talvez porque se uma empresa estiver com problemas de solvência, a obtenção de crédito bancário adicional tornar-se-á muito difícil, pelo que em alternativa buscará uma progressiva substituição de crédito bancário por crédito comercial.
ABSTRACT: The existing literature reports that there are several incentives for the practice of earnings management, through discretionary accruals. These indicate that the main motivations are reducing the payment of income tax (tax motive) and being able to access to finance under attractive conditions (financing motive), in order to influence the market perception of the viability and credibility of the company. The objective of this study is to specify a model that allows to analyzing the manipulation of discretionary accruals and to identify a moderating effect that would allow the study of the influence of a probability financial insolvency on the variables that are associated with a financial and fiscal motivation. A sample of Portuguese SMEs, between 2003 and 2012, was used to investigate whether Portuguese SMEs tend to manipulate the discretionary accruals more intensively in a situation of financial distress. As a proxy for the manipulation of results, we used the discretionary accruals and to estimate the probability of financial insolvency associated with each period for each company, we used a logistic regression method. The results suggest the degree that managers tend to manipulate their results it is closely related with the firms’ financial leverage, in order to obtain more or rollover the financing from the banks. No evidence was found to support that managers use accruals to the minimizing tax and also the results show no evidence that this type manipulation is superior in companies in a situation of financial distress. In contrast, an increased probability of financial insolvency seems to reduce the propensity to manipulate the results. This occurs because if they are likely to have solvency problems, obtaining additional bank credit will become very difficult, so there will be a gradual substitution of bank credit for commercial credit.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/4674
Designation: Finanças Empresariais
Appears in Collections:ESTGV - DG - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Carla_Monteiro.pdf1,59 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.