Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/470
Título: Processo ensino-aprendizagem: características o professor eficaz
Autor: Albuquerque, Carlos Manuel Sousa
Palavras-chave: Ensino eficaz
Professor
Características do professor
Aluno
Data: Dez-2010
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: ;39
Resumo: Com o objectivo de se conhecer a percepção dos dois principais intervenientes do processo ensino-aprendizagem acerca do significado de “bom professor”, consubstanciado, na prática, pelas características do professor eficaz, efectuou-se um estudo de natureza qualitativa, tendo-se recorrido à opinião de 40 alunos e 40 professores. Os depoimentos colhidos pela pesquisa de opinião, com recurso á técnica da entrevista, foram trabalhados seguindo os pressupostos da análise de conteúdo, sendo as opiniões categorizadas com o auxílio de uma matriz teórica que incorpora as seguintes dimensões: a) conhecimento específico; b) comunicação e linguagem; c) relacionamento; d) exigência; e) motivação; f) valores pessoais; g) cordialidade; h) recursos didácticos; e i) avaliação da aprendizagem. O facto de se ter optado por docentes de diferentes níveis de ensino, levou a identificar aspectos coincidentes e divergentes entre as opiniões expressas. O mesmo se veio a verificar com a inclusão de alunos de diferentes faixas etárias, que, retratando diferentes etapas do desenvolvimento, possibilitaram um conhecimento diferenciado relativamente aos factores que caracterizam um professor eficaz, em função do nível de ensino frequentado (superior versus secundário). Permitiu também uma comparação de opiniões entre alunos e professores. Sintetizando os resultados relativos à opinião dos professores, em função do nível de ensino onde exercem funções, podem-se identificar como aspectos importantes para reflexão: a) para os professores do ensino superior o atributo mais relevante que caracteriza um professor eficaz refere-se aos “valores pessoais”, já para os professores do ensino secundário é o “conhecimento específico”; b) a “comunicação e linguagem” merece evidência por parte de ambos os grupos de professores, ao ser referenciada como uma variável de significativa importância para 60% dos mesmos, independentemente do nível de ensino onde exercem funções; c) a “motivação” e a “cordialidade” são referenciadas por 40% dos professores do ensino secundário como importantes características, contrapondo a opinião dos professores do ensino superior que não lhe atribuem qualquer referência. Uma análise global sobre o conjunto dos indicadores que, na opinião dos alunos, incorporam cada dimensão associada ao professor eficaz, permite identificar a preocupação e o reconhecimento da importância do “conviver”, do “conhecer”, e “do saber comunicar” como “os três pilares” em que assenta a qualidade do ensino/educação.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/470
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 39 - Dezembro de 2010
ESSV - UER - Artigos publicados em revista científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Processo ensino-aprendizagem.pdf181,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.