Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/5100
Título: A Informação Contabilística como ferramenta de gestão na tomada de decisões
Autor: Almeida, José Luís de Sousa
Orientador: Martins, Isabel Maria Loureiro Pais Esteves
Palavras-chave: Contabilidade
Demonstrações financeiras
Gestor
Informação
Pequenas e médias empresa
Tomada de decisão
Data de Defesa: 11-Set-2018
Resumo: A informação, de uma forma geral, é cada vez mais importante para a tomada de decisão, seja qual for o problema a resolver. Nas empresas, onde diariamente se tomam decisões, a informação tem uma particular e acrescida importância. Uma má decisão na empresa pode por em causa o seu futuro, logo o dos seus stakeholders (interessados na vida da empresa). Ora, são os gestores que tomam as decisões nas empresas e fazem-no com base na informação disponível. O gestor deverá ter à sua disposição a infomação contida nas demonstrações financeiras: balanço; demonstração dos resultados; demonstração dos fluxos de caixa; demonstração das alterações no capital próprio; e anexo. Para além desta informação, deverá ter outros mapas de análise económica-financeira. O próprio sistema de normalização contabilística refere, na estrutura conceptual, que o objetivo das demonstrações financeiras é proporcionar informação, entre outros, para o orgão de gestão, que lhes permita assumir as suas responsabilidades de planeamento, tomada de decisão e controlo. Assim, e considerando a importância que as PME têm no tecido empresarial Português, o valor que próprio Sistema de Normalização Contabilística atribui às demonstrações financeiras como fonte de informação para tomada de decisões, tentou-se perceber a importância que os gestores lhes atribuem como ferramenta de gestão. Os resultados deste estudo não confirmou que os gestores façam uso da informação contabilística que os auxilie na tomada de decisões e, desta forma, se torne uma ferramenta que os ajude a gerir, o que contraria um dos objetivos base da contabilidade que é precisamente fornecer informação a um vasto leque de utentes, nomeadamente aos gestores. Desta forma, face aos resultados obtidos, verifica-se que os gestores ainda têm um longo caminho a percorrer, uma vez que a utilização da informação prestada pelas demonstrações financeiras como uma ferramenta de gestão é escasso.
ABSTRACT: Information is, in general, increasingly important for decision-making, whatever may the problem be. In enterprises, where decisions are taken every day, information has a particular and increased importance. A bad decision in the company can jeopardize its future and then that of its stakeholders (interested the company's life). Managers are those who make the decisions in enterprises and they do it based on the available information. A manager should have at his disposal the information provided by the financial statements: Balance Sheet, Income Statement, Statement of Cash Flows and Attachments. In addition to this information there may have other maps of economic and financial analysis. The Portuguese Accounting Standardization System itself states in its conceptual framework that the objective of financial statements is to provide information mainly to the management body interested in the information contained in the financial statements. This information allows them to assume their responsibilities in planning, decision making and control. Considering the importance that SMEs (Small and Medium Enterprises) have in the Portuguese business community and the value that the Portuguese Accounting Standardization System itself attributes to financial statements as a source of information for decision-making, it has been tried to understand the importance that managers attribute to it as a management tool. The results of this analysis did not confirm that managers make use of accounting information that assists them in decision making and, in this way, becomes a tool to help them manage, contrary to one of the basic objectives of accounting, which is precisely to provide information to a wide range of users, mainly managers. In view of the results obtained, it can be seen that managers still have a long way to go, since the use of the information provided by the financial statements as a management tool is few.
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/5100
Designação: Finanças Empresariais
Aparece nas colecções:ESTGV - DG - Dissertações de mestrado (após aprovadas pelo júri)

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
jose_luis_almeida_dissertação19_10_2018.pdf6,03 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.