Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/556
Título: A doença mental e a cura: um olhar antropológico
Autor: Gonçalves, Amadeu Matos
Palavras-chave: Doença mental
Cura
Medicina oficial
Medicina popular
Itinerários terapêuticos
Antropologia médica
Data: Out-2004
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 30;
Resumo: A saúde, a doença e os processos de cura são construções sociais, resultantes de um processo complexo que integra factores biológicos, socio-económicos, culturais, psicossociais e religiosos, que permeiam o contexto da história de vida das pessoas e exercem marcada influência nas suas atitudes face à doença e aos processos de cura. Apesar da Antropologia médica ser uma área bastante incipiente em Portugal, os conhecimentos actuais neste domínio sugerem que, apesar dos reconhecidos progressos da medicina oficial, a atribuição conferida pelos utentes aos seus “males” continua embebida em velhos sistemas de crenças populares. Nas páginas que se seguem, faz-se referência a alguns aspectos socioantropológicos que valorizaram a contribuição das ciências sociais e humanas para a compreensão da saúde, da doença, dos processos de procura de saúde, das terapêuticas e dos terapeutas
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/556
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 30 - Outubro de 2004
ESSV - UESMP - Artigos publicados em revista científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A doença mental e a cura.pdf252,66 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.