Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/567
Título: A filosofia no cinema
Autor: Mendonça, Fernando
Palavras-chave: Cinema
Data: Jun-2004
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 29;
Resumo: Por que estudarei aqui a filosofia no cinema, e não o cinema na filosofia? Elaborei o tema de modo que o cinema ocupe a posição de objeto fundamental para estudo e dele a filosofia se torne ponto de apoio. No cinema, a filosofia surgirá como conseqüência, proveniente dos pensamentos do diretor. Analisarei temáticas diversas formulando ligações com filmes e filósofos, até o ponto principal que será uma análise particular do filme “2001-Uma Odisséia no Espaço”(Kubrick,1968); também nesse filme conectarei os temas diversos para que haja um fio condutor entre os pensamentos. Como não poderia deixar de ser, minha opinião estará freqüentemente presente em tudo que será abordado. Citarei uma lista de filmes no decorrer do trabalho em que se baseia meu estudo filosófico. Seria muito fácil partir em busca de uma análise em filmes como “O Nome da Rosa”(Annaud,1986) que trazem a filosofia estampada para que qualquer um a possa identificar, portanto, não foi esse o caminho que escolhi. Quero fazer deste trabalho um guia para filmes que aparentem ser mero entretenimento, ou de valor exclusivamente artístico. Nessas obras há filosofia. Pois ela não existe apenas nos que a declaram abertamente, mas há casos em que a filosofia está na essência de algo que parece despretensioso.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/567
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 29 - Junho de 2004

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A filosofia no cinema.pdf242,64 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.