Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/637
Título: A Trindade e Maria n'Os Lusíadas e na Lírica de Luís de Camões
Autor: Morujão, Geraldo
Palavras-chave: Lusíadas
Religião
Luís de Camões
Data: Jan-2002
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 25;
Resumo: amões não é apenas o épico de renome mundial e o grande "poeta do amor". Ele é também o "poeta da fé". Este génio ímpar não é somente um humanista que se interessa por todos os temas da cultura, e tanto os da Antiguidade clássica como os da fé cristã. Para ele a fé cristã não é um simples adorno ou tema de inspiração, um mote ou um leitmotiv para as suas composições. A sua obra é radicalmente cristã.1 A "divina fé, que tudo excede"2, estrutura o seu pensamento e dá-lhe o sentido da vida. Ele é uma alma profunda e sinceramente cristã3, mais ainda, ele é um homem dotado duma fé esclarecida em alto grau, ao mesmo nível da sua vasta e profunda cultura, tornando-se, neste aspecto, um repto para todos os intelectuais dos nossos dias que se dizem cristãos. A profundidade e a justeza dos seus conceitos religiosos permitem-nos falar do "teólogo" Luís de Camões4. Como "poeta da fé", ele "soube exaltar e erguer bem alto o ideal religioso, a doutrina pura e sublime do Cristianismo, cantando alguns dos seus mistérios mais augustos de forma enternecida, em que se aliam os voos grandiosos da inteligência aos belos afectos duma alma simples".
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/637
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 25 - Janeiro de 2002

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Trindade e Maria.pdf516,79 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.