Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/709
Título: Epistemologia das ciências da educação: a emergência de uma Ciência da Educação e o papel fundamental da Filosofia da Educação
Autor: Polónio, Diogo Maria de Matos
Palavras-chave: Filosofia da educação
Ciências da Educação
Data: Mar-1997
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 6;
Resumo: É preciso reconhecer que reina grande desordem na terminologia e que as interferências e confusões entre ensino, educação e pedagogia são numerosas e complexas. Não vamos, aqui, reflectir sobre esta problemática, mas apenas referir brevemente a evolução do conceito de educação. Assim sendo, a partir de 1690 - altura em que se pode ler no dicionário de Antoine Furetiére que educar consiste em alimentar crianças e cultivar o seu espírito quer por meio da ciência, quer pelos bons costumes- foram propostas centenas de definições de educação. Vamos apontar apenas duas que ilustram perfeitamente que as diferenças de estilo e de conteúdo entre elas conduzem à impossibilidade de compreender as definições de educação sem ter em conta um contexto muito mais lato do que o da simples relação educador-educando. Para Durkheim, educação é a acção exercida pelas gerações adultas sobre as que ainda não estão maduras para a vida social, tendo, por objectivo, suscitar na criança um determinado número de estados físicos, intelectuais e morais que a sociedade política, no seu conjunto, e o meio social , ao qual está particularmente destinada, reclamam.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/709
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 06 - Março de 1997

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Epistemologia das ciências da educação.pdf223,25 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.