Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/710
Título: Justifica-se o Ensino religioso nas Escolas do Estado?.
Autor: Morujão, Geraldo
Palavras-chave: Ensino
Religião
Data: Mar-1997
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 6;
Resumo: A pergunta do título em epígrafe não é uma pergunta retórica, mas é uma questão que certas pessoas continuam a colocar, apelando para argumentos que, à primeira vista, poderiam levar a pensar que já não faz sentido a existência de uma disciplina curricular de carácter confessional religioso. As razões invocadas para uma tomada de posição negativa são as mais diversas: Como pode promover um ensino confessional um Estado que não é confessional? Não irá contra o pluralismo da sociedade em que vivemos o ensino de uma religião concreta? Uma sociedade que se diz democrática e que defende a igualdade de todos os cidadãos perante a Lei não estará ela a favorecer e a privilegiar uma determinada religião só pelo facto de esta ser maioritária e a tradicional, a católica, em detrimento de outras confissões religiosas minoritárias ou de recente aparição, ou ainda de posições de neutralidade ou até de recusa religiosa? Nesta breve reflexão, tentarei responder às objecções levantadas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/710
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 06 - Março de 1997

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Justifica-se o Ensino religioso.pdf234,86 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.