Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/748
Título: A Richmond de Régio é Portalegre : a descrição e o espaço na sintagmática diegética de Davam grandes passeios aos domingos
Autor: Sousa, Martim de Gouveia e
Palavras-chave: Literatura
Data: Out-1997
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 8;
Resumo: O fascínio que o espaço - um certo espaço , diríamos - exerce sobre os artistas da palavra é iniludível. Foi essa pulsão interior, essa adesão irreprimível que fez a nossa Sintra admirada de Byron, Beckford, Tennyson, Palgrave ou Fielding, para só citarmos literatos da Velha Albion. Tal atracção constitui, em termos narratológicos, a prova "claramente vista" de que o espaço é uma fundante e primigénia categoria da narrativa, que, indutora de articulações funcionais profundas, permite, em matiz cumular, a existência do chamado e tantas vezes cultuado romance de espaço. Essa fisicidade, se desapensa da especificidade histórica, conduzir-nos-á, de forma translata, aos correlatos espaço social - e como ele refulge em Davam grandes passeios aos domingos, nomeadamente nos festejos de segunda-feira de Entrudo na casa da Serra de D.Alice Caldeira! - e espaço psicológico - não serão cumeadas da atmosfera psicológica os dilemas de Rosa Maria ?!
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/748
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 08 - Outubro de 1997

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Richmond de Régio é Portalegre.pdf203,55 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.