Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/870
Título: Pontos divergentes entre os sistemas verbais inglês e português no que respeita às categorias morfológicas do verbo
Autor: Fidalgo, Susana
Palavras-chave: Linguística Contrastiva
Ensino de Segunda Língua
Língua inglesa
Data: Jul-1999
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 15;
Resumo: No âmbito da linguística contrastiva, nós, professores, apercebemo-nos com frequência que muitas das dificuldades sentidas pelos alunos no processo de aprendizagem duma língua estrangeira têm por base uma nítida interferência da língua materna. Refiro-me concretamente à aprendizagem do aspecto gramatical e muito em particular à questão verbal , já por si só bastante polémica. A justificação deve-se ao facto do sistema de Tempos Gramaticais e Aspecto da língua estrangeira em causa - neste caso o Inglês - não coincidir com o sistema utilizado na nossa própria língua - o Português. A comprová-lo, um estudo a nível conceptual possibilita uma análise contrastiva de três categorias morfológicas do verbo - Tempo Gramatical , Aspecto e Modo - procurando fundamentalmente encontrar e perceber as divergências existentes neste domínio entre os dois sistemas verbais referidos.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/870
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 15 - Junho de 1999
ESEV - DCL - Artigos publicados em revista científica

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Pontos divergentes entre os sistemas.pdf264,84 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.