Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.19/883
Título: Carta ao meu corpo: localismo, utopia & atopia (Roteiro essencialista sobre a cultura viseense)
Autor: Sousa, Martim de Gouveia e
Palavras-chave: Língua Portuguesa
Literatura
Análise Literária
Data: Abr-2001
Editora: Instituto Politécnico de Viseu
Relatório da Série N.º: 22;
Resumo: O sertanejo João Guimarães Rosa, que é indubitavelmente um dos mais estimulantes escritores e romancistas de língua portuguesa, desde cedo compreendeu, como o confidenciou a Gunter Lorenz, que observar bem dentro o olho fundo do boi do sertão era olhar para a imensidão do mundo. E logo essa quimera localista se inscreveu na atopia congregadora, aí se insinuando o convite à diferença que promove a audácia de ver melhor, de ver mais longe e de ver da margem, desse modo se criando, à boa maneira de Boaventura de Sousa Santos, uma heterotopia, a que, por conveniência, chamarei também Pasárgada 2, porque me seduz desde logo a ressonância dessoutro formidável poeta brasileiro de nome Manuel Bandeira (Itinerário de Pasárgada , Testamento de Pasárgada e o cativante eco "Vou-me embora p' ra Pasárgada"), e não posso deixar de ficar rendido perante o refinamento arquitectónico do império dos Aqueménidas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.19/883
ISSN: 1647-662X
Aparece nas colecções:RE - Número 22 - Abril de 2001

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Carta ao meu corpo.pdf452,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.